Segundona


Acaba mais uma edição do campeonato Brasileiro.

Depois de três anos, o Brasil tem um novo campeão, sai o vermelho, Branco e Preto do São Paulo, substituído pelo vermelho e preto do Flamengo.

Depois de 17 anos o Flamengo volta a vencer um campeonato importante.

O time não foi um primor durante toda a competição, mas conseguiu subir de produção na hora certa e contou com a colaboração dos adversários que um a um foram “abrindo mão” da liderança até cair em seu colo na penúltima rodada, para não mais sair.

Contou também com a sorte, já que durante a competição acabou dando chance ao técnico Andrade, que foi mantido mesmo a contra gosto de alguns diretores que gostariam de contar com alguém mais experiente.

Sem contar a chegada de Petkovic, que estava quase aposentado e só voltou a jogar para que o clube abatesse uma divida com o jogador.

O Sérvio saiu do ostracismo para a glória, conduzindo o time ao titulo.

Sem contar Adriano, que conseguiu dar a volta por cima, deixando a depressão de lado e voltando a jogar o futebol que o levou a seleção Brasileira.

Não há o que contestar, o titulo do Brasileiro acabou nas mãos da equipe que mostrou o maior crescimento na reta final, e tropeçou menos.

Palmeiras, Atlético, Inter e São Paulo tiveram chances claras de levar o caneco e fraquejaram.

No Morumbi, o São Paulo fez sua parte e goleou o Sport em clima de fim de festa.

Destaque para Washington que foi o principal jogador do time nos jogos finais, marcando 31 gols na temporada, somados os 3 do jogo de ontem.

Rogério Ceni encerrou o ano marcando seu gol de numero 85 em mais uma bela cobrança de falta.

Com as vitórias de Inter e Flamengo, o São Paulo acabou na terceira posição.

Agora a diretoria e comissão técnica passam a planejar a próxima temporada.

Uma reformulação no elenco se faz necessária e nesta segunda-feira ,os primeiros reforços devem ser anunciados de forma oficial.

Na saída do vestiário Hugo foi embora levando a placa de identificação de seu armário, deve prega-la no Olímpico.

Nos próximos dias e semanas teremos uma noção de como será o Tricolor no ano que vem.

Em Porto Alegre o Internacional atropelou o rebaixado Santo André, e por alguns minutos chegou a sentir o gostinho do titulo com a vitória parcial do arquirival Grêmio contra o Flamengo.

Mas o sonho logo acabou com a virada rubro-negra no Maracanã.

O Colorado acabou com o vice-campeonato, temos de ressaltar o bom trabalho de Mario Sergio que recuperou o time e quase o levou ao titulo.

O Cruzeiro chegou a Vila Belmiro para enfrentar o Santos precisando vencer e ainda torcer por uma derrota de Palmeiras ou São Paulo, para chegar a Libertadores.

A raposa fez a sua parte vencendo o Peixe por 2 a 1 e o Palmeiras deu a mãozinha que faltava, perdendo para o Botafogo no Rio.

O quarto lugar e a vaga na Libertadores premia o belo segundo turno feito pelo time Mineiro, após o baque na primeira parte do campeonato com a perda da competição Sul Americana.

Talvez o troféu lambança do campeonato, caia bem nas mãos do time Palmeirense.

Depois de ficar na liderança do Brasileirão por 19 rodadas, depois de desperdiçar várias oportunidades de disparar na classificação e até mesmo ser campeão com alguma antecedência, o Palmeiras despencou técnica e emocionalmente no final e acabou não só perdendo o titulo com também ficou de fora da Libertadores, causando um enorme prejuízo financeiro para o clube no ano que vem.

O fato lamentável da rodada e de todo o campeonato aconteceu em Curitiba no estádio Couto Pereira.

O Coritiba apenas empatou com o Fluminense e com a vitória do Botafogo no Rio, acabou sendo rebaixado no ano de seu centenário.

Alguns bandidos uniformizados invadiram o gramado após o jogo e protagonizaram cenas de barbárie, quebrando tudo e batendo em quem encontrasse pela frente, principalmente a policia Militar.

O “rigorosissimo” STJD tem que punir o Coritiba com a perda de mando de vários e vários jogos!

E a policia militar tem que prender os bandidos uniformizados, que tanto aprontam em todos os estados e estádios do Brasil.

Nota positiva para o Fluminense que coroou sua espetacular reação no segundo turno permanecendo na primeira divisão, contrariando a tudo e a todos, inclusive aos matemáticos de plantão que chegaram a dar 98% de chance de queda para a o Flu.

Cuca voltou a mostrar um bom trabalho.

Para encerrar, quero deixar meus parabéns ao futebol carioca.

Depois de muito tempo no ostracismo voltou a figurar no primeiro lugar do pódio com o Flamengo.

Fluminense e Botafogo se seguraram na primeira divisão e o Vasco como prêmio de consolação, fez sua obrigação e venceu a segunda divisão do Brasileiro.

avai-mascoteNão poderia esquecer-se de dar os Parabéns a equipe do Avaí, o segundo time na segundona a conquistar o direito de disputar à série A no ano que vem.

A torcida fez uma grande festa no estádio da ressacada, afinal desde 1979 o Avaí não freqüenta a elite do futebol brasileiro.

Parabéns a todo o elenco e em especial ao Técnico Paulo Silas, que foi um grande jogador(para mim melhor que Muller) e agora trilha uma vitoriosa carreira como treinador.

Gustavo Kuerten nosso eterno numero um do tênis, torcedor benemérito do Avaí, comemorou feito uma criança.

O Santo André, também está muito próximo de subir.

Já a última vaga para o “paraíso”, promete ser bem disputada.

O Vila Nova, time do vovô Túlio, deixou a segunda divisão mais interessante ao vencer o Corinthians por 2 a 1 no ultimo sábado.

 

Com a derrota, o time do Parque São Jorge viu a diferença para o Avaí (segundo colocado), cair para apenas 2 pontos.

 

E nesta terça-feira, o Avaí pode tirar pela primeira vez, a liderança do Corinthians. As duas equipes se enfrentam em Santa Catarina e uma vitória do time de Guga, põem os catarinenses pela primeira vez na  ponta da tabela.

 

A segunda divisão se desenhava modorrenta e sem emoção, com o Corinthians disparando na frente, só fazendo as contas para saber em que rodada subiria.

 

Mas graças à incompetência do time de Mano Menezes, os adversários foram chegando, e agora a liderança que parecia tranqüila esta ameaçada.

 

Não tenho duvidas de que o Corinthians irá subir, mas agora pelo menos tem uma equipe em seus calcanhares, e a continuar assim, o titulo da segundona não virá da  forma tão tranqüila como muitos esperavam.

 

O Vila Nova botou um pouco de tempero na segundona.