formula 1


jumento rindo

Lamentável o fato ocorrido com Nelsinho Piquet no GP de Cingapura no ano Passado.

Cheguei a duvidar que o piloto Brasileiro se sujeitasse a tamanha sujeira em troca de uma renovação de contrato.

Mas parece que o próprio piloto confessou que realmente foi “convidado” pela equipe a bater seu carro para ajudar Fernando Alonso.

Nelsinho além de provar que é um piloto absolutamente comum (ao contrário do pai) mostra que não tem escrúpulos nem caráter.

Nelson pai, também tem culpa no cartório,já que o desespero de ver o filho na formula 1 o fez calar sobre o episódio na época.

Em minha opinião o piloto e a equipe têm que ser banidos do esporte.

Simplesmente grotesco.

Anúncios

Um ponto separou Massa do título.

Uma curva, quinhentos metros, e um pneu liso em baixo de chuva, impediram o tão sonhado título.

Um sinal errado no pirulito eletrônico da Ferrari em Singapura, um motor que estourou há três voltas do final na Hungria, um erro de estratégia da equipe em Silverstone, erros que tiraram o título de Felipe.

Mas não foi um ano jogado fora. Foi um ano de amadurecimento,foi um ano para impor respeito dentro da Ferrari.

Foi uma temporada que dá moral e força para no ano que vem buscar um título que escapou por entre os dedos.

Massa mostrou que é grande, não perdeu para qualquer um, perdeu para outro jovem piloto, tão grande quanto ele.

Que bom que a fórmula 1, voltou a ter um brasileiro brigando pelo lugar mais alto,que bom que a monotonia da era Shumacher está dando lugar novamente a disputas acirradas.

Parabéns Felipe, você é Massa!

Parabéns Hamilton, você é fera!

Neste domingo o Brasil pode viver um momento Histórico no automobilismo.

Pela primeira vez um Brasileiro pode ser campeão do mundo em Interlagos.

Eu, antes mesmo de pensar em ser Jornalista esportivo, ficava na fila em plena madrugada de Interlagos, para ver o gênio Ayrton Senna, tentar uma vitória em seu País.

Foram várias as corridas, em diferentes setores do Autódromo.

Vi de frente o japonês Satoro Nakajima, bater em Ayrton e acabar com as chances do Brasileiro de vencer o GP Brasil em 90 (se minha memória não me trai)

Vi sua primeira vitória em 91,quando levou sua Mclaren apenas com a sexta marcha.

Em 93  fui um dos que invadiu a pista na reta oposta, e carregou Ayrton nos ombros.

Em 94, estava entre os milhares de torcedores que deixaram o GP do Brasil, quando Senna Rodou na subida da reta e abandonou a corrida.

Nunca vou esquecer aquela fatídica manhã de domingo, primeiro de maio de 94,quando horas depois do acidente na corrida,meu pai entrou em prantos na sala e disse que ele havia morrido.

Confesso que perdi totalmente o tesão pela formula 1.

A era Michael Schumacher passou quase indiferente em minhas manhãs de domingo.

Neste ano Felipe Massa despertou novamente meu interesse pela fórmula 1.

Tomara que neste fim de semana, o nosso Ayrton Senna do Brasil, proteja e guie nosso Felipe Massa  até a vitória e até a inédita conquista de um campeonato no Brasil.

Pois você amigo internauta, pode ter absoluta certeza de que o maior sonho de Ayrton era conquistar um mundial no Brasil, diante de sua gente.

Neste Domingo, Felipe com certeza será guiado por suas mãos, às mãos do maior piloto que passou por este planeta.

O inglês Lewis Hamilton está com uma mão e meia na taça de campeão de formula 1 desde ano.

Contrariando até suas expectativas, a McLaren, passeou no asfalto Chinês de Xangai  e Hamilton conseguiu mais uma vitória tranqüila.

Felipe Massa, que em todo final de semana não teve um carro equilibrado, conseguiu manter a terceira colocação em quase toda a corrida e no final da prova, fazendo o chamado jogo de equipe, Haikkonen cedeu o segundo lugar a Felipe.

A diferença entre Massa e Hamilton aumentou de 5 para 7 pontos.

No Grande prêmio do Brasil dia 2 de novembro, teremos o veredicto final.

Massa terá que vencer a prova e torcer para que Hamilton cruze a linha final da quinta colocação para trás, para comemorar o título.

É uma tarefa difícil, porém não é impossível, já que no ano passado Haikkonen chegou ao Brasil tendo que tirar exatamente os mesmos 7 pontos de diferença de Hamilton e conseguiu.

Acho que o “sobrenatural de Almeida” e o “Imponderável da Silva” terão que trabalhar bastante no dia 2 de Novembro para que Massa consiga o título em  casa.

Hamilton já esfrega as mãos, mas Felipe ainda respira.

 

Outro dia disse aqui no blog que se a Ferrari deixasse, Felipe Massa poderia ter alguma chance de se tornar campeão ou lutar pelo titulo de igual para igual com Hamilton.

Mas esta difícil da coisa andar, quando Massa tem a chance de assumir a ponta, a Ferrari faz lambança nos boxes e Poe tudo a perder.

A diferença entre Hamilton e Massa aumentou para 7 pontos(84 a77), ainda temos 3 GPS pela frente(Japão, China e Brasil).

Esta na hora de a  Ferrari se unir e tentar não cometer mais barbeiragens nas ultimas provas.

Que este campeonato seja decidido apenas no talento dos pilotos e não nas navalhadas das equipes, principalmente da Ferrari.

É o que espera o torcedor Brasileiro e principalmente Felipe Massa.

 

O repórter da Jovem Pan, Felipe Motta, trouxe em primeira mão para o

Brasil a boa noticia.

 

Hamilton foi punido por uma manobra irregular em cima de Kimmi Haikkonen e caiu do primeiro para o terceiro lugar no gp da Bélgica.

 

Com isso, Felipe Massa que acabou a corrida em segundo lugar, herdou a vitória, com Heidfeld em segundo.

 

Agora apenas dois pontos separam  Hamilton de Massa na briga pelo titulo deste ano, 76 para o inglês e 74 para o brasileiro.

 

Semana que vem o grande premio de Monza, na Itália, vai pegar fogo.

 

Acho que a partir de agora a Ferrari deve tratar Felipe como piloto numero 1 e dar todas as condições para que ele tente vencer pela primeira vez o mundial de pilotos.

 

 

 

 

 

 

Próxima Página »