Copa Libertadores 2010


O São Paulo espera fechar a contratação de Fernandão até a próxima quinta-feira.

Mesmo com o Goiás pressionando e publicamente dando como prazo final esta terça-feira para a conclusão da negociação.

João Paulo Jesus Lopes acredita que tudo esta bem encaminhado.

Segundo o dirigente tricolor, não há dinheiro envolvido na negociação, apenas o empréstimo de dois atletas para o Goiás até o final do ano.

O São Paulo admite que possa arcar com os custos de uma parte dos salários dos jogadores que serão emprestados, mas não com os 100% que quer o Esmeraldino.

Ricardo Gomes não quis comentar sobre os jogadores que podem ser incluídos no negócio (Carlinhos, Marcelinho e Leo Lima), mas, deu a entender que prefere contar com Carlinhos Paraíba para o restante da temporada do que com Marcelinho.

Já existem clubes interessados no empréstimo de Henrique e Sergio Mota.

A diretoria vê com bons olhos o empréstimo dos jovens atletas, não só para ganhar experiência como também para observar o real potencial dos meninos jogando em um clube com estrutura menor.

Alem de Henrique e Sergio Mota, outros garotos poderão ser emprestados até o final do ano para equipes das séries A e B do Brasileirão.

André Dias esta com problema de adaptação na Itália.

Sua esposa esta grávida de gêmeos por isso o zagueiro recém saído do tricolor sondou membros da comissão técnica sobre um possível empréstimo até o final do ano.

Porem a diretoria São Paulina avisou que não há o interesse em seu retorno no momento, até porque o clube está satisfeito com a performance de Xandão.

Miranda em sua coletiva nesta segunda-feira deu a entender que seu ciclo no clube pode estar chegando ao fim.

O zagueiro tem contrato até Maio do ano que vem e foi sondado por vários clubes no começo do ano.

A declaração a meu ver é um aviso do zagueiro a diretoria para que o negocie nesta janela de meio de ano, caso queira ganhar alguma coisa com ele.

Senão poderá assinar um pré-contrato em dezembro com alguma equipe, saindo sem que o clube receba nada em troca.

O zagueiro São Paulino não acha absurdo o time decidir a vaga para as quartas de final da Libertadores nos pênaltis, já que o Universitário tem a melhor defesa da competição ao lado do próprio São Paulo com apenas 2 gols sofridos.

Miranda acredita que possa ser lembrado por Dunga na convocação para a Copa, na semana que vem.

O zagueiro admite que briga não só com Thiago Silva como também com seu companheiro de time, Alex Silva.

A diretoria do São Paulo espera que pelo menos 40 mil torcedores estejam presentes no Morumbi.

Até agora 27.196 ingressos foram vendidos antecipadamente.

Ricardo Gomes foi muito vaiado no ultimo jogo da equipe no Morumbi, contra o Once Caldas.

O treinador acha que só um bom futebol contra o Universitário pode fazer com que os torcedores não voltem a hostilizá-lo.

O treinador confirmou Cicinho na lateral direita e Junior Cesar na esquerda.

O São Paulo entra em campo nesta terça-feira contra o Universitário com:

Rogério Ceni, Cicinho, Miranda, Alex Silva e Junior César, Rodrigo Souto, Hernanes, Marlos e Jorge Wagner, Dagoberto e Washington.

Este post tambem esta em meu novo blog no KIGOL – kigol.com.br/mlima

O São Paulo faz hoje seu ultimo treinamento antes de enfrentar o Universitário nesta terça-feira às 19h30min no Morumbi.

A equipe só será modificada nas laterais.

Na lateral esquerda, Junior Cesar está confirmado no lugar de Richarlyson.

Na direita, Cicinho faz tratamento intensivo em seu ombro direito, mas, se não puder atuar entra Jean.

No ataque, Ricardo Gomes testou no fim de semana algumas variações, com Washington, Fernandinho e Dagoberto se revezando.

Na sexta-feira em sua entrevista coletiva, Ricardo Gomes deixou no ar a possibilidade de mandar a campo uma equipe mais ofensiva, já que só a vitória interessa e o adversário tem, ao lado do tricolor, a melhor defesa da competição.

O treinador São Paulino, confirmou também que acha interessante o empréstimo dos garotos que não estão sendo aproveitados, principalmente para ganhar experiência em outra equipe.

Ricardo Gomes citou Sérgio Mota e Henrique como exemplo.

Nesta semana a diretoria espera definir a contratação de Fernandão.

O Goiás quer dois jogadores emprestados até o final do ano.

Isto não é problema, o que não está sendo aceito pelo São Paulo é o fato de ter que pagar o salário integral de quem for para o planalto central.

A idéia é pagar no máximo 50% do salário dos jogadores emprestados.

Emerson Leão pediu em sua lista, Carlinhos e Marcelinho Paraíba, além de Leo Lima.

O São Paulo vai conversar com a comissão técnica e pode tentar incluir outros atletas na negociação.

A expulsão de Nunes ontem na final do Paulistinha reforçou os argumentos de alguns membros da comissão técnica contrária a contratação do atacante.

Nunes é visto como um jogar indisciplinado e cabeça quente.

O São Paulo faz nesta terça seu ultimo jogo com o patrocínio da Hypermarcas.

As partes discutem uma prorrogação do patrocínio pontual ou até mesmo o acordo para os próximos três anos, com a empresa pagando os 40 milhões de reais por temporada, pretendidos pelo clube.

A JBS Friboi, que fez proposta de 37.5 milhões de reais, também está na parada.

Em breve a novela do patrocínio deve ser encerrada.

Este post tambem está no meu novo blog no KIGOL – kigol.com.br/mlima

O São Paulo se reapresenta na tarde desta sexta-feira e começa a se preparar para o jogo de volta contra o Universitário, terça-feira às 19h30min no Morumbi.

O time entra em regime de concentração no domingo a noite.

O exame feito no ombro de Cicinho não acusou lesão ligamentar em seu ombro.

O jogador está fazendo tratamento intensivo e deve estar em campo na terça-feira.

Na lateral esquerda, Junior Cesar deve ganhar a posição, já que Richarlyson terá que cumprir suspensão.

Por falar em Richarlyson, o elenco São Paulino saiu em defesa do jogador no desembarque no Brasil.

Em minha opinião é tentar defender o indefensável.

Ricardo Gomes repreendeu seu polivalente atleta ainda no Peru, no lobby do hotel e na frente de alguns jornalistas que lá estavam.

Segundo um amigo que estava presente e viu (e ouviu) a cena, foi uma bronca “educada” dada pelo treinador, bem a seu estilo.

Acho que a diretoria errou ao poupar Richarlyson de uma multa.

O jogador já foi expulso de campo por sete vezes!

E invariavelmente é expulso em partidas importantes, deixando seus companheiros em apuros.

Como é reincidente, e parece que não consegue mudar seu jeito afoito, afobado, desastrado de jogar, talvez pudesse diminuir seu ímpeto com uma mordida em seus vencimentos.

Ao contrário de Ricardo Gomes, que acha Richarlyson um jogador acima da média, eu o acho um atleta bem mediano.

Tem em minha opinião, a pior saída de bola de todo elenco, é impressionante a quantidade de passes que erra durante uma partida.

Sem contar que é o jogador mais indisciplinado do time com sua coleção de cartões vermelhos.

Ter o melhor preparo físico do elenco e ser um jogador voluntarioso é muito pouco para justificar a titularidade absoluta.

A diretoria do São Paulo pode conversar com o Goiás para tentar a liberação de Fernandão nos próximos dias.

A idéia era deixar o jogador se entender com o clube esmeraldino para só então firmar contrato com o atacante.

Mas o interesse do Internacional mudou a postura da diretoria.

Emerson Leão já disse que gostaria de contar com Carlinhos e Marcelinho Paraíba, além de Leo Lima.

Acho que o único que poderia ser emprestado destes três é Carlinhos.

Embora Ricardo Gomes tenha vetado a saída do jogador para o Sport na semana passada, Juvenal Juvêncio deve ignorar a vontade do treinador caso seja necessário o empréstimo para fechar a negociação com o Goiás.

É provável que o São Paulo inclua um jogador e mais uma quantia em dinheiro para ter Fernandão.

Se tudo caminhar como o previsto, teremos pelo segundo ano seguido um confronto entre São Paulo e Cruzeiro nas quartas de final da Libertadores.

E o roteiro do ano passado pode se repetir.

Inclusive com a queda do técnico São Paulino.

Hoje, pelo futebol apresentado pelos dois times nos jogos contra Universitário e Nacional, não tenho nenhuma duvida em afirmar que o Cruzeiro entraria como favorito em um confronto com o São Paulo.

Mesmo decidindo a vaga no Morumbi… Como no ano passado.

*A decisão do caso Oscar x São Paulo foi adiada para o dia 14 de Maio a pedido da Juiza que analisa o caso*

Este post tambem está no meu novo blog no KIGOL – kigol.com.br/mlima

Quarta-feira movimentada no futebol pelo Mundo.

Pela Libertadores o Flamengo saiu na frente no duelo contra o Corinthians.

O São Paulo não conseguiu furar a defesa do Universitário e ficou no 0x0 com direito a chilique de Richarlyson que mais uma vez prejudicou a equipe ao ser expulso em um jogo importante.

Na UCL a Inter de Milão segurou a pressão do Barcelona, perdeu apenas por 1 a 0 e faz a final com o Bayern.

Pela Copa do Brasil o destaque foi o jogo entre Atlético x Santos.

O Galo venceu por 3×2.

Resultado que dá a vantagem do empate ao Atlético no jogo de volta.

E você amigo leitor, o que achou da rodada?

Deixe seu comentário.

Quarta-feira gorda como costumamos dizer no jargão futebolístico.

Vamos então aos palpites para os jogos da Taça Libertadores e da Copa do Brasil.

LIBERTADORES

Flamengo x Corinthians – Flamengo

Alianza Lima x Univ. de Chile – Empate

Once Caldas x Libertad – Once Caldas

Universitário x São Paulo – São Paulo

Cruzeiro x Nacional (URU) – Cruzeiro

Banfield x Internacional – Empate

COPA DO BRASIL

Vitória x Vasco – Vitória

Atlético-MG x Santos – Empate

Palmeiras x Atlético-GO – Palmeiras

Fluminense x Grêmio – Empate

Tambem no meu novo blog no KIGOL – kigol.com.br/mlima

O técnico Ricardo Gomes concedeu entrevista antes do jogo desta quarta-feira entre Universitário x São Paulo em Lima.

Acompanhe os principais trechos.

P – Faz diferença enfrentar um adversário que não tem tanto nome, nesta fase da Libertadores?

RG – Vamos enfrentar um bom time, um time organizado, com jogadores experientes que joga bem até o meio campo e é o time mais popular do Peru.

Temos que respeitá-los.

P – É correto dizer que começa uma nova competição?

RG –  Não tenho a menor duvida disso. No mata-mata temos sempre que respeitar o adversário, não é uma equipe que arrisca mas tem uma boa defesa e temos que ter cuidado.

P – A postura do time tem que mudar em relação ao que já foi feito nesta Libertadores?

RG – A postura dentro e fora de casa é a mesma! Claro que vamos ter um estádio lotado, com uma equipe apostando todas as suas fichas nesta primeira partida, temos que estar preparados. O São Paulo sempre com a mesma postura, tentando impor dificuldades ao adversário.

P – Qual a nota que da ao futebol apresentado pelo São Paulo neste ano?

RG – Deixo a nota para vocês. Só vou dar nota no final da Libertadores.

P – O time não esta conseguindo manter o mesmo ritmo nos dois tempos, o que fazer para corrigir isso?

RG – Não é fácil jogar uma partida inteira dominando o adversário. Tudo depende de quem enfrentamos, é claro que treinamos para isso, mas não é fácil, principalmente em uma Libertadores!

P – A responsabilidade aumenta por entrar neste confronto contra o Universitário como favorito?

RG – A responsabilidade é toda do São Paulo. Mesmo aqui no Peru nos dão todo o favoritismo. Sem duvida nenhuma a responsabilidade é nossa.

P – O Washington volta ao time?

RG – Nós temos que melhorar nosso rendimento em bolas paradas e agora estamos com um time alto, o Washington ficou de fora nos dois últimos jogos e agora será útil.

P – As reclamações ficaram para trás?

RG – Isso é normal, aqui a disciplina vem em primeiro lugar, se não tivesse tudo acertado ele não seria escalado.

P – Só esta mudança na equipe?

RG – Só essa, nos temos algumas variações no meio campo e no ataque e isso vai continuar dependendo do adversário.

P – Hoje podemos considerar esta a equipe titular do São Paulo?

RG – Nós começamos a temporada com alguns jogadores como titulares, mas houve queda de rendimento e tivemos que mudar, não tem como. O elenco é bom e nenhum jogador pode ficar numa zona de conforto. O jogador sabe que a concorrência é grande e isso é benéfico e será bom para o decorrer da temporada.

P – Seria uma surpresa o São Paulo ser eliminado nesta fase da competição?

RG – Concordo que o adversário não tem muita tradição, mas, temos que respeitar, temos que conseguir aumentar a vantagem, alem de poder decidir em casa, é obvio que ninguém pensa em ser eliminado já nas oitavas de final, seja com qualquer adversário, mesmo um adversário com pouca tradição.

P – Espera um Universitário mais agressivo, partindo para cima, apesar de ter sido até agora uma equipe mais defensiva?

RG – Acho que devem mudar por ser mata-mata e por jogar em casa devem fazer uma pressão no inicio do jogo. Apesar de  terem uma base defensiva vão tentar tirar nossa vantagem neste primeiro jogo.

Esta entrevista tembem está disponivem em meu novo blog no KIGOL – kigol.com.br/milma

O São Paulo treina nesta terça-feira no estádio Monumental, local da partida de amanhã contra o Universitário.

Ontem o time treinou no CT da seleção Peruana.

Ricardo Gomes fez um treinamento de dois toques e depois apurou as jogadas de bola parada da equipe.

Washington treinou entre os titulares e a tendência é de que Fernandinho vá mesmo para o banco.

O jogo de amanhã terá o encontro de duas das melhores defesas da primeira fase da competição (a outra é a do Internacional), ambos os times sofreram apenas 2 gols cada.

O Universitário está invicto em seus domínios.

Na primeira fase, o Universitário ganhou do Lanus por 2 a 0 e empatou por duas vezes: zero a zero contra  Libertad e Blooming.

O time Peruano vem de vitória por 2 a 1 contra o Alianza Atlético pelo campeonato local.

O atacante Raul Ruidíaz, conhecido como “La pulga” por seu tamanho, é o xodó da torcida e da imprensa local.

O estádio Monumental de Lima tem capacidade para 80.093 espectadores e deve estar cheio para o jogo desta quarta-feira.

O São Paulo considera o empate um bom resultado, já que vai decidir a classificação no Morumbi no próximo dia 4 de Maio.

Voltando ao futebol doméstico, o Guarani contratou até agora 3 jogadores do São Paulo por empréstimo até o fim do ano.

Renan, Roger e Mazola defenderão o Bugre na série A do Brasileirão.

Bruno Formigoni que disputou o Paulistinha pelo Paulista foi emprestado para o Figueirense.

A idéia do São Paulo é emprestar o maior numero possível de atletas que não estão nos planos da comissão técnica, não só para mantê-los em atividade, como observá-los  em ação.

**Este post tambem esta publicado em meu novo blog no KIGOLkigol.com.br/mlima

Próxima Página »