O clima pesou para o atacante Washington.

Depois da bronca que levou do treinador na frente de todo o elenco, ainda foi repreendido pela diretoria.

Além de multar o atacante em 20% de seus vencimentos os diretores fizeram questão de conversar com Gilmar Rinaldi sobre a atitude do jogador.

O ex-goleiro do São Paulo e empresário de Washington ouviu da diretoria que não será tolerada mais nenhuma indisciplina.

Gilmar concordou com as colocações feitas e prometeu conversar com seu pupilo.

Tenho a impressão de que Ricardo Gomes até pensou em começar com Washington como titular no jogo de hoje, mas diante do embaraço criado após o clássico de domingo, até para mostrar ao elenco quem manda, deixou-o no banco.

A única novidade na equipe será à entrada de Marlos no meio campo no lugar de Cleber Santana.

O São Paulo entra em campo hoje a noite no Morumbi, praticamente classificado, com os 10 pontos que tem, teria que perder por 4 ou mais gols para ficar de fora das oitavas de final.

Mas ninguém no elenco admite se classificar para a próxima fase em outra posição, que não o primeiro lugar do grupo 2.

A vitória é importante para recuperar a auto-estima e o moral do grupo, que está baixo após a eliminação do Paulistinha.

Apoio da torcida não vai faltar.

Até o fechamento das bilheterias ontem, 36.600 ingressos já haviam sido vendidos.

A previsão é de que finalmente o Morumbi volte a receber um publico superior a 50 mil pessoas em uma partida do São Paulo válida pela Libertadores.

Conversei com João Paulo de Jesus Lopes após o ultimo treinamento da equipe no CCT.

Perguntei sobre a situação de Ricardo Gomes.

O dirigente garantiu total apoio da diretoria e se o contrato do treinador terminasse hoje seria renovado.

Mas, como tudo tem um, porém, o São Paulo não tem pressa em conversar sobre uma possível renovação, neste momento.

Este assunto só será tratado no mês de Julho quando vencerá o contrato de Ricardo Gomes.

Para mim ficou claro que tudo vai depender do que o São Paulo fizer nas próximas fases da Libertadores.

Se Ricardo Gomes levar o time até a semifinal, seu contrato será renovado, caso contrário, as chances do São Paulo ser dirigido por outro treinador no segundo semestre beiram os 100%.

Wagner Diniz tem quase tudo certo com o Atlético Paranaense, o empréstimo será até o final do ano.

Renan vai disputar o Brasileiro pelo Guarani.

Roger não acertou sua ida para a Portuguesa e é disputado por algumas equipes da série A, como Guarani e Vitória.

A situação de Adrian Gonzalez ainda segue indefinida, mas tudo levar a crer que seu contrato será mesmo rescindido.

João Paulo me disse que não há a mínima chance do atacante Nunes vir para o São Paulo após a final do Paulistinha.

Este post também pode ser lido em meu novo blog no KIGOL –kigol.com.br/mlima