O São Paulo começa a se preparar para o clássico de domingo contra o Corinthians, na manhã desta sexta-feira.

O treino seria à tarde, mas como os jogadores não realizaram nenhum treinamento ontem em razão das chuvas que alagaram a região próxima ao CCT, a comissão técnica achou por bem mudar o horário de treinamento.

Para que o leitor tenha uma idéia do caos que se armou na região da Lapa e Barra Funda, durante e após o temporal, o lateral esquerdo Carleto demorou quase duas horas para ir do shopping Bourbon ao CCT, um percurso que em um dia normal não duraria mais de 10 minutos.

Assim como Carleto, vários jogadores chegaram ao CCT muito depois do horário marcado para a reapresentação (16 horas).

A solução foi dar um treinamento especifico no REFFIS, conforme os atletas chegavam.

Para o jogo de domingo, Cleber Santana, Washington e Alex Silva voltam à equipe.

Jorge Wagner suspenso fica de fora.

A derrota para o Bragantino acabou deixando o clima para o clássico mais tenso, já que o São Paulo não pode pensar em perder, sob o risco de ver ameaçado sua classificação para a fase semifinal do Paulistinha.

Sem contar a pressão por ter perdido todos os clássicos disputados no ano (Portuguesa, Palmeiras e Santos).

A diretoria de futebol gostou da estratégia usada pelo Marketing do clube de usar nos próximos dois jogos o chamado patrocínio único na camisa do time.

Os valores oficiais ainda não foram divulgados, a diretoria de Marketing esperava chegar a 2.5 milhões de reais pelos dois jogos, mas o martelo deve mesmo batido em 2.1 milhões.

Hoje à tarde os valores e o nome das empresas serão divulgados oficialmente pelo Marketing tricolor.

Anúncios