O São Paulo foi até Bragança Paulista e perdeu do Bragantino.

Com a derrota o tricolor perdeu grande chance de praticamente garantir sua vaga na fase semifinal do Paulistinha.

Agora vai ter que correr atrás do prejuízo nas três ultimas rodadas para não ficar de fora da fase decisiva.

No primeiro tempo, o tricolor dominou completamente as ações, o Bragantino mesmo atuando em casa, optou por jogar nos contra-ataques.

Mas o domínio tricolor não foi traduzido em gol, principalmente pela falta de um jogador de área.

Marlos e Dagoberto fizeram várias jogadas pelas pontas, mas sem um finalizador, o time não levou perigo ao gol de Gilvan.

Leo Lima tentou ser o homem do ultimo toque, chegando ao ataque pelo meio da área, mas tudo que conseguiu foi errar uma cabeçada na pequena área.

Para completar, o time errou todas as finalizações de fora da área, explicando o 0x0 no placar.

No segundo tempo o Bragantino voltou com uma postura mais agressiva e quase marcou logo no começo com Miranda salvando em cima da risca.

O São Paulo voltou a apresentar um futebol displicente, e as melhores oportunidades que teve saíram de chutes de fora da área.

As três substituições feitas por Ricardo Gomes (Roger, Marcelinho e Fernandinho, por Dagoberto, Leo Lima e Marlos) não surtiram efeito.

O Bragantino chegou ao gol da vitória aos 37 minutos em uma cobrança de escanteio bem aproveitada pelo zagueiro Mauricio.

Depois do gol o São Paulo partiu para o ataque desordenadamente.

A vitória do Bragantino põe fim a uma seqüência de 7 jogos sem derrotas do São Paulo com 5 vitórias consecutivas.

No domingo encara o clássico contra o Corinthians no Pacaembu, agora com a obrigação de vencer para não correr riscos nas duas ultimas rodadas.

Se Ricardo Gomes tinha alguma duvida em usar todos os seus titulares no fim de semana, com a derrota para o Bragantino não tem mais.

O São Paulo vai ter que encarar a maratona (Corinthians e Monterrey) com força máxima.

Aliás, o Corinthians, também deu papelão e perdeu na Arena Barueri para o Paulista por 1 a 0.

As duas equipes Paulistas na Libertadores realmente não estão causando suspiros em seus torcedores, no Paulistinha.

Pelo andar da carruagem teremos um clássico dos mais modorrentos já disputados pelos dois.

Só mesmo a rivalidade pode dar alguma esperança ao torcedor de ver um bom futebol no domingo no Pacaembu.

Anúncios