Quarta-feira de vaias para São Paulo e Palmeiras.

Em Araraquara o São Paulo enfrentou o Oeste e não saiu do zero.

Na primeira etapa o tricolor foi melhor, dominou a partida, mas não finalizou corretamente.

Mesmo com um jogador a mais (Ricardinho foi expulso aos 35) e com a entrada de Fernandinho no lugar de Richarlyson, o time não saiu do zero.

O goleiro Neneca fez boas defesas, como no desvio de Washington no final do primeiro tempo.

No segundo tempo o São Paulo esboçou um bom futebol até os 10 minutos com chances de Jean e Washington.

Depois disso o time caiu de produção.

Cleber Santana foi expulso e Wellington entrou no lugar de Dagoberto.

O São Paulo continuou sem criatividade e sem vibração.

Só não sofreu um gol do Oeste porque Wellington parou um contra ataque com as mãos, jogada que culminou na segunda expulsão da equipe.

A torcida presente na Arena da Fonte não gostou do que viu e vaiou o time.

Ricardo Gomes volta ao banco no jogo de domingo contra a Ponte Preta em Campinas.

O treinador pede paciência para dar padrão e entrosamento ao time, mas parece que tudo o que o torcedor São Paulino não tem neste momento é paciência.

No Palestra Itália, o Palmeiras acabou esgotando o pouco de paciência que restava em seu torcedor ao ser goleado mais uma vez por um time do ABC.

Desta vez quem aprontou foi o Santo André, vice-líder do Paulistinha.

O Ramalhão mostrou que a boa fase não é à toa e se impôs em pleno Palestra Itália marcando 3 a 1 com direito a gol de letra do artilheiro Rogerinho.

Na saída do primeiro tempo, o goleiro Marcos (que falhou no segundo gol do Santo André)deu a entender que vai se aposentar no final do ano.

Diego Souza de forma displicente e irresponsável acabou cavando sua expulsão no segundo tempo, enterrando as chances de reação de sua equipe.

A torcida Palmeirense que compareceu em pequeno numero no Palestra, aproveitou para protestar contra a equipe e a diretoria.

Hoje o Santos de Neymar e Robinho volta a campo em Jundiaí para enfrentar o Paulista.

A expectativa é de mais um bom jogo da equipe de Dorival Junior que se vencer, além de disparar na classificação, praticamente garante classificação á fase semifinal.

Corinthians e Botafogo duelam pelo chamado G4.

Se o Corinthians ganhar, fica entre os primeiros, se o Botafogo conseguir pelo menos um empate, é ele quem permanece entre os quatro.

Anúncios