A taça Libertadores titulo mais cobiçado pelos clubes Sul Americanos, começa efetivamente para todas as equipes Brasileiras nesta quarta-feira.

Pelo grupo 1, o Corinthians começa sua caminhada jogando contra o Racing do Uruguai no Pacaembu.

Nunca a diretoria e a comissão técnica fizeram um planejamento tão minucioso para a competição.

Desde contratações até a logística de viagem, tudo foi discutido e feito com critérios técnicos.

A pressão pelo titulo da Libertadores no ano de seu centenário, pode atrapalhar a equipe.

Ronaldo, Roberto Carlos, Tcheco e Danilo são os veteranos que vão tentar controlar a pressão e a ansiedade dentro do grupo de jogadores.

O Racing Uruguaio, não deve facilitar as coisas, fazendo valer o futebol de força e muita marcação.

Em minha opinião o Corinthians é o favorito e se souber domar o nervosismo da estréia, sai do Pacaembu com uma vitória.

Sempre lembrando que Cerro Porteño e Independiente de Medelin empataram em 1 gol no jogo inaugural do grupo.
O Flamengo entra na competição com o status de atual campeão Brasileiro.

Joga em sua estréia contra a Universidad Católica.

O principal desafio de Andrade e Companhia é conter o oba-oba que cerca o Flamengo em competições importantes.

Foi exatamente pela falta de concentração que o rubro-negro sofreu uma das mais humilhantes desclassificações em sua história na competição, os 3 x 0 para América do México, com direito a show do gordinho Cabañas.

Time e elenco para ir longe, o Flamengo tem.

Seu ataque é sem duvida um dos melhores do País.

Como a Universidad do Chile venceu o Caracas na outra partida do grupo, é fundamental a vitória no jogo de hoje.

Em Belo Horizonte o Cruzeiro tenta a reabilitação após a derrota por 2 a 0 para o Velez Sarsfield em sua estréia.

Na teoria o Colo Colo não será páreo para a Raposa.

Mas, o Cruzeiro sabe mais do que ninguém que não há adversário bobo na competição, mesmo jogando em casa tem que suar sangue para vencer.

O Velez venceu o Deportivo Itália e lidera o grupo 7 com 6 pontos ganhos.

Até por isso, o Cruzeiro sabe que um empate hoje no Mineirão será desastroso.

Acredito que o time de Adilson Batista sairá com os 3 pontos na conta.

Ontem no Beira Rio, o Internacional por muito pouco não foi surpreendido pelo Emelec.

O time de Jorge Fossati, frustrando as expectativas, não mostrou um bom futebol e teve que recorrer à garra, à vontade para não deixar o Beira Rio com um empate.

Mas na Libertadores o importante não é jogar bem, a regra básica é conquistar os 3 pontos em casa e conseguir o maior numero possível de pontos como visitante.

Foi isso que o Inter fez, não agradou, mas saiu vencedor.

Enquanto isso, o São Paulo se prepara para sua segunda partida na competição, na cidade de Pereira, 40 km distante de Manizalez, casa do Once Caldas.

A delegação demorou 13 horas para chegar á Pereira.

Hoje o São Paulo treina no estádio Palo Alto, local do jogo de amanhã.

Milton Cruz não deve fazer muitas alterações na equipe.

O 4-4-2 deve ser adotado pelo técnico Interino.

A provável formação para o jogo entre os lideres do grupo 2 é a seguinte:

Rogério Ceni, Cicinho, Xandão, Miranda e Jorge Wagner, Jean, Richarlyson, Hernanes e Cleber Santana, Marcelinho e Washington.

O São Paulo não guarda boas recordações do Once Caldas.

Um empate na Colômbia não poderá ser considerado um mal resultado.

Anúncios