janeiro 2010


O mistão do São Paulo voltou a jogar mal no Paulistinha e mais uma vez arrancou um empate no final da partida.

Mas além do péssimo futebol, fica a nítida impressão de que o São Paulo não tem um elenco capaz de montar dois bons times.

Alguns jogadores ainda sentem o peso da camisa e não conseguem se soltar em campo.

O caso mais emblemático é o do atacante Roger.

O jogador nunca foi um primor, tecnicamente falando, mas em times como Sport e Vitória conseguiu algum sucesso, marcando vários gols.

No São Paulo, Roger parece travado, não consegue realizar uma jogada decente, um lance produtivo.

Carlinhos Paraíba é outro que parece completamente intimidado com a camisa tricolor.

O próprio jogador admitiu na semana passada que ainda está tímido no clube.

Se não se soltar rapidamente, não será surpresa se não aparecer na lista dos 25 jogadores inscritos para a Taça Libertadores.

Marlos ainda tem muita farinha para comer antes de tentar ser titular.

O jogador ainda continua extremante individualista e improdutivo para a equipe.

Ricardo Gomes vem tentando corrigir este defeito desde o ano passado, mas parece que ainda terá muito trabalho pela frente com o jovem atleta.

Marcelinho Paraíba disse em sua chegada ao São Paulo que prefere jogar como meia de ligação e não no ataque.
O problema, é que para Ricardo Gomes o jogador é só atacante.

Mas o tempo deve convencer o treinador do contrário.

O zagueiro Xandão esta ansioso para saber se estará na lista da Libertadores.

Com a saída de André Dias para a Lazio, o jovem jogador não precisa se preocupar, pois com certeza será um dos escolhidos.

Cleber Santana será apresentado oficialmente nesta segunda-feira à tarde.

Cleber já treinou no CCT com os jogadores que não viajaram para Ribeirão Preto.

O jogador está bem fisicamente e quer estar à disposição de Ricardo Gomes para o jogo de quarta-feira contra o São Caetano.

Antes que me perguntem, não sei nada sobre uma possível vinda de Nilmar ao São Paulo, o boato da vez na web.

E respondendo aos leitores que me perguntaram sobre o patrocínio, continua valendo o que escrevi no ultimo post.

O São Paulo não assinou contrato com nenhuma empresa e espera que em fevereiro consiga chegar ao valor pretendido (30 milhões) para bater o martelo antes de Março chegar.

Anúncios

André Dias está deixando o São Paulo.

A Lazio da Itália será o destino do zagueiro.

O clube Italiano já havia oferecido ao São Paulo 2.5 Milhões de Euros no começo do ano, mas o São Paulo não gostou da oferta e brecou a negociação.

A mesma proposta foi feita novamente pelos Italianos e o clube resolveu aceitar.

A situação da Lazio não é das melhores e segundo Claudio Carsughi, André Dias não terá um salário muito mais alto do que ganha do Brasil.

A diretoria Tricolor só deve confirmar oficialmente a negociação nesta segunda-feira.

Mas conversei com uma pessoa do corpo diretivo que me confirmou a negociação.

Segundo apurei, o São Paulo aceitou a oferta dos Italianos e só esta esperando André Dias acertar os últimos detalhes com a Lazio para se desligar oficialmente do tricolor.

Não é um grande valor para o clube, mas o zagueiro vai realizar seu sonho de jogar em um grande centro do futebol Europeu e com certeza complementar seu pé de meia.

* André Dias assinou contrato de 3 anos e meio com o clube Italiano*

Ricardo Gomes vai manter a programação feita para o inicio da temporada.

5 jogadores serão poupados no jogo deste domingo contra o Sertãozinho em Ribeirão Preto.

André Dias, Jean, Richarlyson, Washington e Dagoberto.

O técnico não definiu o esquema tático, mas, pode começar a partida utilizando o 3-5-2.

O provável São Paulo para o jogo deste domingo contra o Sertãozinho:

Rogério Ceni, Xandão, Miranda e André Luiz, Adrian Gonzalez, Carlinhos Paraíba (Wellington), Hernanes, Leo Lima e Jorge Wagner, Marcelinho Paraíba e Roger (Marlos).

O São Paulo ainda não encontrou nenhuma empresa disposta a investir os 30 milhões de reais pretendidos pelo clube no patrocínio máster de sua camisa.

A expectativa é de que no mês de Fevereiro apareçam interessados.

Segundo Juvenal Juvêncio disse a revista Placar (Fevereiro), o clube pode jogar em Março com patrocínio único por partida, como fez o Corinthians no ano passado, até fechar com alguma empresa em definitivo.

O departamento de Marketing por sua vez, não gosta da idéia do patrocínio por partida.

A Emirates, que chegou a sondar o São Paulo no ano passado, é carta fora do baralho.

A empresa aérea vive uma enorme crise financeira e não pensa em investir no esporte em curto prazo.

A briga entre Oscar e São Paulo esta longe do fim.

Mesmo treinando no CCT por ordem da justiça, o garoto continua peitando a diretoria e diz que não joga mais pelo clube.

Se Oscar for escalado por Ricardo Gomes e se recusar a jogar, será multado pela diretoria como qualquer funcionário que se recusa a cumprir uma ordem de seu patrão.

Oscar tem certeza que vai conseguir se livrar do clube na justiça do trabalho, na audiência de reconciliação marcada para o final de Abril.

Por outro lado o clube acha o principal argumento usado pela defesa do jogador (coação da mãe para assinar a emancipação), absolutamente frágil e tem certeza que pela justiça do trabalho Oscar não sairá do São Paulo.

Se isso realmente acontecer, a tendência é de que o caso vá mesmo para na FIFA.

Acho que neste caso, melhor seria um acordo entre as partes para que o jogador fosse negociado.

O clube lucraria algum dinheiro e o jogador poderia seguir sua vida em outro clube.

A diretoria do São Paulo precisa entrar em sintonia.

Pelo menos no que diz respeito ao discurso adotado com a imprensa.

Na semana passada, o Vice-Presidente de Futebol, Carlos Augusto Barros e Silva, disse desconhecer qualquer negociação envolvendo o jogador Cleber Santana.

No dia seguinte o Presidente Juvenal Juvêncio confirmou a contratação do jogador.

Ontem na Arena Barueri, Juvenal Juvêncio desmentiu o procurador de Hernanes e disse que não há nenhuma proposta oficial pelo jogador e acredita que não haverá nada até o fechamento da janela Européia daqui a dois dias.

Já Carlos Augusto Barros e Silva fez um discurso diferente, deixando no ar a possibilidade de transferência, até admitindo que o jogo contra o Paulista pudesse ser o ultimo de Hernanes pelo São Paulo.

A sincronia entre a cúpula tricolor se faz necessária principalmente para não deixar seu torcedor em parafuso.

Pois, o dever da imprensa é deixar, ou pelo menos tentar, o torcedor informado das coisas do clube.

Se há um conflito de informações partindo exatamente de quem poderia esclarecer, ai fica difícil. Pra imprensa e para o torcedor.

De qualquer forma esta é uma novela de curta duração, já que a janela está se fechando na segunda-feira.

Pelas declarações de Juvenal Juvêncio ontem, fica claro que o atacante pretendido para reforçar a equipe, ainda é Fernandão.

Segundo o presidente, Fernandão pediu para que ele o esperasse para a Libertadores.

O problema é que falta combinar a liberação do atacante com o Goiás, que continua irredutível.

Val Baiano que seria um “plano B” foi contratado pelo Monterrey, adversário do São Paulo na Libertadores.

Gostei da contratação de Robinho pelo Santos.

Acho que será um bom negocio para todos.

O Santos volta a ganhar visibilidade internacional, alem de vislumbrar um bom lucro com a venda de camisas.

Já Robinho terá a oportunidade de jogar várias partidas seguidas, pegando ritmo de jogo como desejava, para chegar melhor preparado na Copa do Mundo.

Robinho nasceu na Vila Belmiro e tem total identificação com o clube.

Seria estranho vê-lo jogando em outra equipe no Brasil que não o Peixe.

Hernanes fica.

É o que diz Juvenal Juvêncio, presidente do São Paulo.

Apesar de Joseph Lee, empresário de Hernanes, ter garantido que entregou três propostas oficiais ao clube.

Juvenal Juvêncio disse ao chegar a Arena Barueri, que só recebeu uma proposta do CSKA por Hernanes e uma proposta do Wolfsburg por Miranda, mais nada e que nenhuma delas prosperou.

Segundo o presidente São Paulino, Hernanes só sairá agora do clube, se até o dia 31 aparecer em sua mesa uma proposta satisfatória, coisa que não aconteceu até agora.

Em minha opinião, é surpreendente esta declaração do presidente tricolor.

Primeiro pela garantia do empresário do atleta de ter entregado as propostas ao São Paulo.

Segundo pela postura e ansiedade demonstrada por Hernanes nos últimos dias.

Estranho.

Mas como costuma dizer um amigo meu: no balanço das horas tudo pode mudar.

Prefiro aguardar.

Texto de apresentação feito pelos organizadores do Site Morumbi 2014 EU APOIO.

Logo após o aniversário da cidade de São Paulo, a capital ganhou um presente de CIDADANIA.

O movimento Morumbi 2014 EU APOIO, que defende o estádio Cícero Pompeu de Toledo na Copa do Mundo do Brasil, daqui a 4 anos, lançou o portal oficial http://www.morumbi2014euapoio.com.br.

Campanha que pretende atingir todas torcidas paulistas e brasileiras, afinal, na São Paulo de todas as naturalidades, o Morumbi escreveu a sua história como maior palco do futebol paulista, acolhendo como grande anfitrião não somente os tricolores do estado, mas todos os alvi-negros, alvi-verdes, rubro-verdes, rubro-negros, tricolores, enfim, todas as “nações” do futebol brasileiro tiveram no Morumbi, o lar dos grandes jogos na maior cidade brasileira, desde 1970.

Um ato de justiça! É o que significa o Morumbi na Copa do Mundo.

Uma ação de respeito a São Paulo, ao cidadão paulistano, paulista e brasileiro, que vivem na capital, uma preservação do dinheiro público, já que a maior cidade do país necessita tanto de investimentos em outras áreas sociais e fundamentais e construir um novo estádio, diante de um imenso já existente, seria um disparate e uma afronta com a cidade.

Sem contar que todos os gastos que o São Paulo FC terá com as adequações e modernização de sua grande arena, serão pagos pela própria instituição.

Pela história maravilhosa do estádio diante de todas as torcidas, pela responsabilidade com a cidade, nasceu o movimento Morumbi 2014 EU APOIO, que espera sua adesão e participação.

Acessem: http://www.morumbi2014euapoio.com.br

Twitter: http://twitter.com/Morumbi2014EA

Comunidade Orkut para o são-paulino:
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=87804344

Email: contato@morumbi2014euapoio.com.br

Hoje à tarde, na Arena Barueri, Hernanes pode fazer sua despedida do São Paulo jogando contra o Paulista.

As três propostas oficiais que estão na mesa de Juvenal Juvêncio, já não são segredo para ninguém, foram reveladas pelo próprio empresário do jogador.

O nome dos clubes não é revelado.

Na Itália, dizem que Milan e Inter estão na disputa.

Na França, o Lyon é tido como outro candidato.

Na Espanha, o Barcelona que já fez proposta há dois anos, parece não demonstrar mais interesse.

Hernanes me disse que está preparado para encarar uma nova cultura, um novo País.

Embora não diga nada, é nítida a ansiedade do jogador.

Nos bastidores do Morumbi, dizem, que desde o começo do mês, o presidente já anunciava para seus pares, que o caixa tricolor engordaria no fim de Janeiro, só não dizia como.

Os três shows que serão realizados entre Fevereiro e Março renderão cerca de 5 milhões de reais.

Bom dinheiro, mas insuficiente para “engordar” um caixa que não está lá tão cheio.

A venda de Hernanes renderia de uma só vez, mais dinheiro do que a proposta de renovação de contrato feita pela antiga patrocinadora da camisa tricolor.

E, ai sim, deixaria o caixa do clube gordo e aliviado.

O presidente do São Paulo tem até amanhã para definir se aceita ou não negociar Hernanes nesta janela de começo de ano.

Mas o mistério pode acabar ainda hoje.

É bem provável que Juvenal Juvêncio revele na Arena Barueri, o que decidiu.

E ai saberemos se Hernanes terá feito nesta tarde de quinta-feira sua ultima partida ou apenas mais um jogo pelo tricolor.

Próxima Página »