Coração Valente

Washington é o artilheiro do São Paulo no ano com 26 gols.

Se marcar mais dois igualará Grafite, que em 2004 marcou 28,só Luis Fabiano em 2002 fez mais gols em 1 temporada, 46.

W9 terá mais 4 jogos pela frente para tentar bater a marca na temporada.

Os gols marcados não sensibilizaram a diretoria, que até agora não o procurou para renovação de contrato.

Washington no momento só quer saber da conquista do Brasileirão, renovação ou não fica para depois.

O artilheiro conversou com a imprensa no CCT, acompanhe os principais trechos.

P – O que você achou da camisa comemorativa 7-3-3 feita por um torcedor?

R – Será que quem lançou esta camisa é mesmo torcedor do São Paulo?

Qualquer um pode lançar esta camisa. Isto não tem nada a ver com a gente, é bom que a diretoria tenha mandado o cara retira o símbolo do clube! Eu acho que isso não é coisa de SãoPaulino não!

P – Qual a sensação de estar brigando por um titulo coletivo e não por um premio individual como a artilharia?

R – É muito mais prazeroso! Eu trocaria fácil as duas artilharias que conquistei, por 1 titulo!

Em 2004, com o Atlético Paranaense, perdemos a liderança na penúltima rodada, foi muito doloroso!

Não quero que isso se repita, por isso vou me doar o máximo possível para vencer este Brasileiro pelo São Paulo.

P – O que você trás de experiência daquele campeonato para este de 2009?

R – Jogar todas as partidas como uma verdadeira decisão!

Não podemos relaxar, tem que ser firme, forte, concentrado até o ultimo minuto do ultimo jogo!

P – O que poderia atrapalhar a caminhada do São Paulo até o titulo?

R – São 4 fatores que podem atrapalhar: Vitória, Botafogo, Goiás e Sport!

Eles farão de tudo para atrapalhar, será muito difícil, temos que estar ligados e concentrados para que a gente não deixe eles nos atrapalhar.

P – O jogo do Palmeiras serve de alerta para o São Paulo no jogo de sábado?

R – Serve sim, não só o jogo do Palmeiras, mais muitos outros em que as equipes com menos pontuação complicaram a vida dos melhor posicionados.

Temos que ter o maior respeito possível pelo Vitória.

P – Como vai funcionar um ataque com você e o Hugo?

R- O Hugo é um meia atacante, ele se movimenta bem,sai mais para o jogo. Vamos perder um jogador mais agudo de ataque como o Dagoberto, mas vamos ganhar um jogador que sabe se movimentar e aparecer bem pelo meio.

Com certeza nos daremos bem no ataque.

P – A diretoria já o procurou para conversar sobre uma possível renovação de contrato?

R – Não fui procurado e não gostaria de conversar agora sobre isso. Meu interesse agora é a busca pelo título, é conquistar as vitórias que faltam.

São só 4 partidas! Dá para esperar.

No ano passado eu assinei contrato com o São Paulo na festa de encerramento do campeonato, não tenho pressa.

Anúncios