DSC01809
DSC01804

O Comitê executivo Paulista para a Copa de 2014 apresentou nesta quarta-feira, os projetos da cidade de São Paulo (incluindo o Morumbi).

Foi mostrada a imprensa as principais obras de mobilidade, que serão feitas na cidade até a Copa do Mundo.

O projeto remodelado do Morumbi entregue recentemente a FIFA também foi apresentado.

No estádio as reformas trarão:

Cobertura de 100% dos assentos.

Elevação da fileira de assentos mais próxima do gramado.

Eliminação dos pontos com visão dificultada.

Novos túneis de acesso ao campo (centro do gramado).

Substituição de todos os assentos.

Renovação de todas as áreas de uso comum (circulação, sanitários, lanchonetes).

Novos camarotes.

Renovação de toda a estrutura hidráulica e elétrica.

Construção de edifício que abrigará a estrutura da imprensa, vestiários, zona mista, lounge Vip, etc..

Com todas as reformas a capacidade total do estádio para a Copa será de 65.124 pessoas, assim dividida:

Publico geral: 60.629

Imprensa: 2955

Vip (FIFA): 1400

VVip (FIFA): 140

Adalberto Batista diretor de marketing do São Paulo disse que o clube pode sim fazer um empréstimo de 150 milhões de reais junto ao BNDES, para não depender de nenhum parceiro para concluir as obras.

O presidente da SPturis e do comitê executivo Paulista, Caio Luis de Carvalho, também fez questão de garantir o Morumbi para a Copa, reiterando que a cidade não irá construir um novo estádio.

Hoje, o estádio do Morumbi não esta apto a receber uma abertura de copa ou uma semifinal, mas até 2011, quando a FIFA decidira os locais das partidas de 2014, o estádio já estará com todas as exigências cumpridas.

Anúncios