pitacos

O São Paulo treinou na tarde desta quinta-feira no CCT.

Ricardo Gomes treinou o time em campo reduzido.

Richarlyson fez um trabalho com bola em separado.

O jogador disse que ainda sente um incomodo no joelho esquerdo, mas é cedo para falar se vai ou não jogar no domingo.

Enquanto isso, Zé Luis treina como titular.

O time que realizou o trabalho foi o seguinte: Rogério Ceni, Renato Silva, André Dias, Miranda, Jean, Zé Luis, Hernanes, Jorge Wagner e Junior Cesar, Borges e Dagoberto.

Borges estava escalado para participar da coletiva de hoje, mas não apareceu e Junior Cesar falou em seu lugar.

14.600 ingressos foram vendidos antecipadamente para o clássico de domingo, soma só dos ingressos vendidos aos torcedores do São Paulo, não sendo computados os 6 mil ingressos enviados ao Corinthians.

O Palmeiras tem a chance de aumentar a vantagem para 6 pontos em relação ao São Paulo.

No sábado o time entra em campo contra o Atlético Paranaense e tem tudo para voltar a vencer na competição.

Ninguém falou nada no Palmeiras sobre a péssima arbitragem no jogo contra o Cruzeiro, tão pouco sobre os pênaltis não marcados a favor do time Mineiro (dois no mínimo).

Valeu a pressão do presidente Beluzzo, que ligou para a CBF antes do jogo para reclamar da escalação do Arbitro Evandro Rogério Roman.

O atacante Kleber mostrou que realmente não é um jogador confiável.

Depois de posar com a camisa da torcida do Palmeiras na véspera do jogo contra o Cruzeiro e quebrar a boca de Wendel em mais uma de suas famosas cotoveladas, diz agora que não esta feliz no Cruzeiro e quer sair.

Eu se fosse o Cruzeiro o emprestaria para um clube da segundona e no final do ano o negociaria com o Alaska ou Sibéria.

Com direito a uma clausula contratual impedindo uma futura negociação com o Palmeiras, desejo do atleta e razão de tanta sensibilidade e melindre com as vaias recebidas pela torcida Mineira.

Anúncios