pitacos

WASHINGTON

O atacante Washington esbravejou ontem no CCT sobre a sumula do árbitro Rodrigo Cintra.

O juiz do jogo em Baruerí relatou que o atacante o chamou de canalha.

Washington disse que é mentira e que pensa em processar o cidadão.

Acho que isso é besteira.

Simplesmente porque será a palavra de um contra o outro.

Washington disse que pode provar que não xingou o Juiz.

Como? Com o testemunho de Dagoberto que estava ao seu lado?

O melhor a fazer é se defender bem no STJD para não pegar um gancho maior e o clube enviar uma representação (mais uma) a comissão de arbitragem contra o arbitro que um dia “paquerou” Vanderlei Luxemburgo.

ANDRÉ DIAS

O zagueiro é duvida para o jogo de quinta-feira contra o Grêmio.

Foi constatado em exame,um edema em sua coxa direita.

André fara um teste amanhã para saber se vai ou não jogar.

Caso não atue, Ricardo Gomes pode optar pela volta do 4-4-2.

ROGÉRIO CENI

O goleiro segue sua recuperação a todo vapor.

A intenção é tentar voltar no jogo do dia 5 de Agosto contra o Botafogo.

Mas o departamento médico quer que a volta seja adiada por mais um tempo para que Rogério não corra risco de sofrer nenhuma lesão muscular.

O mais provável é que a volta do capitão São Paulino aconteça no dia 9 de Agosto,contra o Goiás no Morumbi.

Certo,é que não haverá pressa no retorno do goleiro.

TABU

Depois de acabar com o jejum de 4 meses sem vencer fora de casa,o São Paulo tenta nesta quinta-feira no Morumbi quebrar outra marca incômoda: Não vence 2 partidas seguidas desde o dia 1 de Abril.

Hernanes brincou dizendo que esta marca é mentirosa.

EMERSON LEÃO

O técnico Emerson Leão esta ficando cada vez menos tempo nos clubes que dirige.

Depois de deixar o Atlético Mineiro,Leão teve uma rápida passagem pelo Sport e já esta mais uma vez sem emprego.

Será que não esta na hora do treinador colocar em prática seu projeto de abandonar a carreira de técnico e virar gerente de futebol de algum clube?

Dizem que Leão,até por seu temperamento difícil,quando chega em algum lugar para trabalhar,vem com um adesivo no carro escrito:produto perecível.

Outros dizem que é um treinador com prazo de validade.

Depois de um período,os funcionários do clube onde trabalha (jardineiros porteiros,seguranças e até faxineiros) já o querem vê-lo pelas costas.

Parece que a paciência de Leão também esta mais curta e a tolerância com dirigentes que não são do ramo menor ainda.

Leão viveu seu auge no Santos de Robinho e Diego em 2002,quando conquistou o Brasileiro.

No São Paulo foi campeão Paulista em 2005.

O treinador já está muito bem resolvido financeiramente,não precisa mais ser um cigano do futebol,vivendo cada hora em um lugar diferente.

Em minha opinião o melhor caminho a seguir seria sem duvida nenhuma deixar o trabalho de campo de lado e passar a trabalhar na parte diretiva.

Anúncios