De Sordi

Um pouco mais da primeira edição da revista “ A GAZETA ESPORTIVA ILUSTRADA” de 1957.

A matéria fala da volta do zagueiro DE SORDI do São Paulo aos gramados depois de ficar de fora da fase decisiva do campeonato Paulista de 56 se recuperando de uma cirurgia.

DE SORDI RETORNA BEM DISPOSTO – TEXTO DE CARMELO MENDES

Quando esta reportagem estiver saindo em A GAZETA ESPORTIVA ILUSTRADA,De Sordi,valoroso e valente zagueiro do tricolor paulista,também já estará de retôrno aos treinos coletivos do clube do Morumbi.

Entretanto,convem que se destaque,uma vez mais,que a ausencia de De Sordi,no campeonato Paulista,propriamente dito,se prendeu á contusão sofrida no turno de classificação e,tambem,ao opera-não-opera que antecedeu a intervenção cirurgica.

UM GRANDE 1957

Mas,De Sordi,esperou muito tempo para “entrar na faca” como se diz na gíria. Esperou para ver se não era necessária a intervenção,mas uma vez cientificado de que não haveria outro caminho,ele se submeteu a operação.

Foi descansar para se recuperar fisicamente em sua cidade natal: Piracicaba. E agora já retornou ao “mais querido” apresentando-se ao técnico Vicente Feola.

Realizou o “tourinho” treinos leves e iniciou a parte mais importante dessa campanha de recuperação. Seu posto,na equipe de cima do São Paulo,é a meta visada. Sabe ele que encontrará entretanto,pela frente,um Clélio disposto a manter-se na posição a que vem jogando o que sabe.

Portanto,uma parada dura,em que precisará se empregar ao maximo para conseguir um resultado cem por cento positivo.

De Sordi,porém,compreende perfeitamente que tem tempo suficiente para,aos poucos,ir retornando ao seu melhor estado e,dessa maneira conseguir entrosar-se perfeitamente com o jogo dos demais companheiros,voltando a ser aquele elemento util ao clube e ao futebol paulista e brasileiro.

OPERADO E REINICIANDO

Falando a reportagem do ESPORTIVA ILUSTRADA, De Sordi declarou: “Sinto-me perfeitamente bem,no que diz respeito á parte fisica. Agora preciso empregar-me a fundo nos proximos treinos,a fim de que possa ganhar melhor estado,adquirindo a antiga forma técnica. Tenho confiança em que,encontrarei condições para retornar a equipe principal”.

VOLTAR BEM DISPOSTO

Voltando á atividade neste ano de 1957 deseja De Sordi,como falou em palestra conosco,que nesse ano,possa conseguir para as cores de seu clube grandes glorias. A Inauguração do Morumbi,a disputa do torneio internacional, o Rio-São Paulo e outras dificeis realizações amistosas,poderão servir para que o “tourinho” mostre sua classe e para que,ao lado dos bons companheiros que possui
batalhe para dar ao clube das três cores,grandes conquistas e outros galardões…

Anúncios