0, 16 de julho de 2009


Brasileirão 2009

Amigo leitor,com estava de folga nesta quinta-feira,cumprindo a maravihosa escala de minha empresa,acompanhei a rodada apenas pela televisão.

Logo,não é possivel para o blogueiro fazer uma análise mais profunda dos jogos realizados nesta quinta-feira.

Para não cometer nenhuma injustiça,deixo o espaço aberto para leitor opionar sobre a rodada desta quinta-feira.

Fique a vontade para criticar,elogiar ou cornetar sua equipe.

Beijos e abraços.

Marcello Lima.

Anúncios

Briga de galo

O São Paulo não terá vida fácil hoje a noite no Mineirão.

E as razões são muitas.

Enfrenta um Atlético embalado no campeonato e com seu torcedor empolgado pela fase e pelo vice do Cruzeiro na Libertadores.

São esperados mais de 45 mil torcedores para o jogo de hoje.

São 5 ex-São Paulinos no Galo loucos para mostrar serviço contra a ex-equipe:Alex Bruno,Junior,Diego Tardelli, Éder Luis e Renan (que não pode jogar).

Não bastasse o adversário,o São Paulo tenta quebrar um incomodo tabu:Não vence uma partida como visitante desde 25 de março!

Uma derrota o deixará a 13 pontos de distancia do Atlético e muito provavelmente na zona de rebaixamento.

Para tentar evitar esta incomoda situação no campeonato,Ricardo Gomes resolveu fazer um treinamento fechado ontem no CCT.

O treinador São Paulino deixa uma duvida no meio campo, Richarlysson foi relacionado para a partida e pode reaparecer na equipe.

Jean Rolt vai jogar ao lado de Miranda,já que André Dias foi punido com 2 jogos de suspensão por sua expulsão contra o Coritiba e Renato Silva cumpre suspensão pela expulsão contra o Flamengo.

No ataque,Marlos e Hugo devem mesmo começar a partida,com Dagoberto e Washington no banco.

Ficha técnica:

Atlético – Aranha,Werley,Welton Felipe e Alex Bruno,Carlos Alberto,Jonilson,Serginho,Junior e Thiago Feltri, Diego Tardelli e Éder Luis.

São Paulo – Denis,Zé Luis,Jean Rolt,Miranda e Junior César,Jean,Eduardo Costa,Jorge Wagner e Marlos,Hugo e Borges.

Árbitro – Leonardo Gaciba (RS)

Auxiliar 1 – José Antônio Chaves

Auxiliar 2 – Marcelo Bertanha.

*A diretoria do São Paulo ainda não recebeu nenhuma proposta oficial do Milan por Hernanes.

Os dirigentes tricolores vão conversar com o zagueiro Rodrigo para tentar renovar seu contrato.

O Dínamo já liberou o atleta para ficar mais 6 meses no Brasil.

Ricardo Gomes quer a permanência do zagueiro,mas o jogador e seu procurador não gostaram de declarações de alguns dirigentes do São Paulo durante a recuperação da embolia pulmonar e podem estudar propostas de outros clubes.

pitacos

Brasielirão:

Ontem trabalhei no jogo entre Santos e Baruerí na Vila Belmiro.

Foram dois tempos distintos.

No primeiro,o Baruerí deu um baile no Santos.

Usou muito bem os contra-ataques e a velocidade do bom Fernandinho.

O jogador aproveitou a “avenida” Wagner Diniz, e por lá,deu o passe para dois gol de Val Baiano e ainda marcou o seu.

O primeiro tempo terminou com 3 a 1 para o time de Estevam Soares e a torcida do Santos revoltada com mais uma péssima atuação de seu time.

Os torcedores das Sociais, jogaram pipoca em cima dos reservas do Peixe.

No segundo tempo a expulsão de Ralf do Baruerí logo no primeiro minuto,deu ao Santos o domínio territorial e a maior posse de bola.

As modificações de Serginho Chulapa,surtiram efeito e Robson e Neymar no finalzinho empataram a partida.

Neymar comemorou seu gol comendo algumas das pipocas jogadas pelos torcedores no banco de reservas,como desabafo e protesto.

O Baruerí não teve um pênalti de Domingos em Fernandinho anotado pela arbitragem.

O empate acabou sendo justo e aplacou momentaneamente a fúria da torcida Santista.

O novo treinador terá muito trabalho para botar esta equipe Santista nos eixos.

E por falar em novo treinador,a diretoria do Santos resolveu copiar o Palmeiras e o nome do escolhido será divulgado primeiro pelo Twitter (SFC_oficial).

Libertadores:

Só consegui assistir aos melhores momentos da final no Mineirão.

Jogo duro,nervoso,tipico de uma final da competição.

O Cruzeiro saiu na frente mas não soube conter seu nervosismo.

O time Argentino,mais experiente e catimbeiro cresceu muito com a marcação do gol de empate e o gol da virada foi questão de tempo.

Destaque para o craque Veron.

O jogador calou a boca dos críticos que o davam como jogador acabado.

Veron mostrou mais uma vez que os jogadores acima da média,podem desequilibrar uma partida sem ter que correr como um maratonista.

Já o atacante Kleber,não conseguiu mostrar o bom futebol de outras partidas e não pode dedicar o título aos torcedores Palmeirenses como prometeu.

Kleber se casa nesta sexta-feira e deve bater asas para a Itália para jogar pelo Napoli.

Foi o quarto título do Estudiantes e a freguesia Brasileira aumentou na competição.

Agora são 12 finais entre Argentinos e Brasileiros.

Os “eles” venceram 9 e “nós” apenas 3 finais.

Lobisomem

Por três vezes seguidas o são paulo foi eliminado por brasileiros na Libertadores.

Por três vezes as equipes que eliminaram o Sao paulo chegaram a final da competição.

Nas três vezes a final foi disputada no Brasil.

E nas três finais o visitante comemorou o título.

O Boca Juniors contra o Grêmio em Porto Alegre em 2007.

A LDU contra o Fluminense no Rio de Janeiro em 2008.

O Estudiantes contra o Cruzeiro em Belo Horizonte neste ano.

Pelo jeito, praga de são paulino, é mais forte que qualquer mandinga!