Pegadas na areia

André Lima foi o primeiro a deixar o São Paulo.

O atacante não passou pelo crivo da comissão técnica do clube.

Com isso a diretoria liberou o atacante para acertar sua vida com o Botafogo.

André Lima tinha contrato de empréstimo com o tricolor até o dia 17 deste mês.

O próximo a deixar o clube deve mesmo ser o zagueiro Rodrigo.

A diretoria vai conversar com o Dínamo,mas não está disposta a colocar mais uma grande quantia em jogo,para renovar o empréstimo do jogador.

Nesta quarta-feira,Rodrigo deve ser liberado pelos médicos para voltar a treinar normalmente.

Mas Ricardo Gomes não vai aproveitar o jogador que tem o seu contrato vencendo no dia 17.

A saída de jogadores não deve parar por ai.

Se o futebol Árabe confirmar propostas por Jorge Wagner e Washington,a diretoria não vai se opor.

Miranda é neste momento a galinha dos ovos de ouro.

O zagueiro esta valorizado pelo título da Copa das Confederações com a seleção Brasileira.

A diretoria nem pensa em negocia-lo por um valor inferior a sua multa rescisória (20 milhões de dólares).

Hernanes,esta desvalorizado neste momento.

O São Paulo já sonhou em vende-lo por 30 milhões de euros.

Hoje aceitaria conversar pela metade deste valor.

O Bayern de Munique ofereceu 9 milhões de euros (e não 18) e o CSKA 13 milhões,ambas as propostas foram rejeitadas pelo clube.

O meia atacante Hugo,só sai do clube neste momento se for para o exterior.

O jogador tem contrato até o final do ano e não deve renovar.

Por isso,um proposta razoável pelo atleta será aceita de imediato.

Borges não mostra muita vontade de renovar seu contrato com o clube.

Seu procurador e a diretoria já conversam há algum tempo.

Mas a empolgação entre as partes esta mais para velório do Michael Jackson do que para desfile de escola de samba.

Por isso não será surpresa se o atacante sair em dezembro.

Outro atacante que pode sair em caso de oferta do exterior é Dagoberto.

O São Paulo gastou cerca de 5 milhões de reais com a contratação do jogador (2.5 milhões de dólares).

Uma oferta na casa dos 5 milhões de Euros,tira o atacante do tricolor.

Enquanto isso,a diretoria deve contratar um lateral direito,um zagueiro,um meio campista e um atacante.

Os nomes são guardados em sigilo.

Ricardo Gomes deve fazer uma lista para a diretoria.

Mas como é praxe no clube,se alguma boa negociação surgir,a contratação é feita,mesmo que o atleta não esteja na lista do treinador.

Basta o aval de Milton Cruz.

O mercado ainda está morno.

A tendencia é que esquente de vez no final do mês,começo de Agosto.

Anúncios