dolares

Osvaldo Vieira de Abreu,diretor financeiro do São Paulo,esclareceu a parte burocrática da demissão de Muricy Ramalho em entrevista concedida ao blogueiro no Jornal de Esportes da Radio Jovem Pan.

O diretor São Paulino confirmou que não há atraso de salários ou de direitos de imagem no clube.

E no caso de Muricy o São Paulo agiu rigorosamente dentro da lei.

P – O São Paulo esta segurando o pagamento de Muricy para dificultar uma possível transferência e é verdade que o clube deve dois meses de salários ao treinador?

R – Não,o São Paulo está agindo conforme manda a lei.

Qualquer empresa quando demite um trabalhador sem justa causa,tem 10 dias para acertar todas as contas e dar baixa em sua carteira de trabalho.

O trabalhador neste tempo,pode sacar seu FGTS.

O clube tem que pagar os 40% de multa em cima do valor total do FGTS,Férias proporcionais,décimo terceiro salário,alem do salário proporcional no período.

Tudo isso será pago normalmente ao treinador nesta terça-feira,já que a demissão aconteceu no dia 20.

E o clube não tem nenhum salário atrasado com o treinador.

P – Então o São Paulo dará baixa nesta terça-feira na carteira de trabalho de Muricy?

R – Sim,hoje as partes assinam a rescisão.

P – O São Paulo tem salário ou direito de imagem atrasado com algum jogador?

R – Absolutamente. O clube não tem nada atrasado com ninguém.

As contas estão em dia inclusive com seus fornecedores.

P – Como funciona o pagamento de salários e direitos de imagem?

R – Os salários são pagos normalmente de acordo com a CLT.

Já o direito de imagem é pagos mediante a apresentação de nota fiscal.

O dinheiro é depositado 30 dias depois da apresentação da nota.

Se a nota é apresentada no dia 15 de maio, o dinheiro é depositado dia 15 de junho.

*Conversei agora a pouco com Muricy.Ele interrompeu seu descanso em seu sitio e esta desde ontem em SP para assinar a rescisão de contrato.Volta para lá ainda hoje para continuar a curtir suas “férias”.Segundo me disse,recebeu tudo certinho do São Paulo. *

Anúncios