Copa das confederações

A seleção Brasileira conquistou seu terceiro título da Copa das Confederações neste Domingo.

Mas ao contrário das duas primeiras conquistas (contra a Austrália em 97 e Argentina em 2005) o Brasil teve que suar sangue para vencer a “fortissima” seleção Norte Americana.

Virou o primeiro tempo perdendo por 2 a 0 e conseguiu virar o jogo para 3 a 2 na segunda etapa.

Parabéns a Luis Fabiano,artilheiro da competição.

O atacante soube ter paciencia e aproveitou a chance de dar a volta por cima na seleção Brasileira (graças a contusão do “gênio” Afonso Alves).

Resta esperar para ver se o Brasil aprendeu a lição de 2005.

Humilhou a Argentina na final da Copa das Confederações e deixou se levar pelo favoritismo na Copa da Alemanha no ano seguinte.

O resultado da soberba é conhecido por todos.

Anúncios