Borges olhando pra baixo

Borges é o vice-artilheiro do São Paulo na temporada.

O atacante foi pivô de uma polemica após reclamar do banco de reservas no jogo de ida das quartas de final da Libertadores contra o Cruzeiro no Mineirão.

Seu vínculo com o São Paulo acaba no final do ano e ele pode assinar um pré-contrato com qualquer clube, agora no meio do ano.

Para muitos, ele e Dagoberto não tem bom relacionamento com Washington.

Borges conversou com a imprensa nesta terça-feira após o treinamento no CCT.

P – Os jogadores contribuíram com a saída de Muricy Ramalho,com as reclamações públicas e insatisfação com o trabalho?

R – Não podemos criar situações que não existiram.

Chegaram grandes jogadores e claro que todos querem jogar.

Quem fica de fora não fica satisfeito,mas sempre houve respeito entre todos no elenco.

Ficamos muito tristes com a saída do Muricy,mas no futebol o resultado é que determina as coisas.

P – Você pode afirmar que não há racha no elenco São Paulino?

R – Não existe nada disso aqui dentro,muito pelo contrário o grupo é muito bom.

Esses comentários estão acontecendo porque os resultados não estão aparecendo.

Se estivéssemos vencendo não haveria nenhum comentário a respeito disso.

O que eu vejo aqui é todo mundo querendo jogar,todos querendo buscar seu espaço.

P – E sua relação e de Dagoberto com o Washington?

R – O meu relacionamento com ele é muito bom e o do Dagoberto também.

Já chegamos até a reunir as famílias para sair juntos.

O Washington é um cara de grupo,nunca criticou um companheiro,tem um grande caráter.

P – Seu contrato acaba em Dezembro, é possível ter comprometimento com a equipe no restante do ano?

R – Eu sou comprometido com o clube.

Meu contrato vai até dezembro e minha prioridade é o São Paulo.

Independentemente do contrato estar no fim ou não,vou procurar treinar bem todos os dias e dar meu melhor.

P – Jogador derruba técnico?

R – Aqui não.

Sinceramente não acredito nisso.

O elenco não tem nenhum jogador que teve problemas em outros clubes,não tem nenhum mau caráter.

Nós ficamos muito tristes com a saída do Muricy mas acredito que não aconteceu isso não.

Acho que o principal motivo foi a perda de mais uma libertadores.

Mas quero que o torcedor saiba que nós vamos dar a volta por cima.

Anúncios