muricy com a taça

A sexta-feira foi quente no São Paulo.

O Presidente Juvenal Juvêncio esteve no CCT na hora do almoço e deixou o local por volta das duas da tarde.

Até então Muricy era o técnico do São Paulo,tanto que dirigiu normalmente o treino da tarde.

A situação começou a mudar quando Juvenal chegou ao Morumbi.

Durante toda a tarde e começo da noite o presidente ficou reunido com a cúpula Tricolor.

A mesma cúpula citada aqui no blog.

Que era unânime em pedir a cabeça do treinador.

No começo da noite o presidente Juvenal Juvêncio se convenceu de que realmente não havia mais clima para a permanência de Muricy no comando do São Paulo.

O treinador foi comunicado que o presidente queria falar com ele em sua sala no Morumbi.

Depois de uma rápida conversa,tanto Muricy como Juvenal, concordaram que não havia mais clima para o prosseguimento do trabalho.

Pela primeira vez em três anos e meio,Muricy Ramalho deixou o estádio do Morumbi sem vinculo nenhum com o São Paulo.

A diretoria ainda não definiu o nome do futuro treinador.

Os nomes de Dorival Junior e Tite são os mais comentados nos bastidores.

Neste sábado, as 8 e meia da manhã,Muricy Ramalho estará no CCT para se despedir dos jogadores.

Logo depois,ele e o presidente Juvenal Juvêncio concederão uma entrevista coletiva para explicar sua saída do clube.

Muricy de qualquer forma deixa seu nome escrito na história do São Paulo.

É o primeiro e único treinador a conseguir um tricampeonato para o clube.

Seu bordão preferido:aqui é trabalho meu filho! Vai ficar eternizado na memória do torcedor São Paulino.

Desejo toda a sorte do mundo ao treinador.

Foi uma grande honra poder conviver durante três anos e meio com ele.

Sucesso sempre Muricy!

Anúncios