Morumbi lotado na Libertadores

Hoje a noite, no Morumbi,o São Paulo vai por a prova diante de seu torcedor,toda a mistica que o envolve na Copa Libertadores.

O time não passa por um bom momento.

Nos últimos 10 jogos,só conseguiu vencer 2 vezes.

No campeonato Brasileiro são apenas 7 pontos conquistados em 18 possíveis.

No elenco o clima não é dos melhores.

Jogadores reclamando publicamente,jogadores vivendo uma má fase interminável e o treinador sem conseguir dar um padrão a equipe.

Muricy Ramalho,não fala com com a imprensa desde o ultimo sábado.

Na terça-feira faltou ao treinamento por estar gripado.

Ontem comandou um treino fechado a imprensa.

Entrou mudo e saiu calado do CCT.

É a primeira vez desde que chegou ao clube em 2006, que não fala com imprensa em uma semana importante e decisiva como esta.

O São Paulo tem que vencer,mas não pode sofrer gols.

Este é o principal dilema na cabeça do técnico São Paulino para montar sua equipe.

Zé Luis,Renato Silva e Hugo estão a disposição.

Os dois primeiros jogam com certeza.

A duvida fica por conta da escalação ou não de Richarlysson.

Muricy gosta do jogador por ajudar na marcação e ser voluntarioso no ataque.

O problema é que o próprio atleta já disse que rende mais jogando como volante.

E Muricy,se resolver escala-lo, vai manda-lo para a lateral esquerda.

O treinador tem a opção de escalar a equipe sem improvisar ninguém.

Se assim preferir,Junior César jogara na lateral.

Hernanes,que na coletiva de ontem comparou Muricy Ramalho a um cientista,tem a chance de apagar suas apresentações pífias dos últimos tempos e voltar a ser o jogador decisivo do ano passado.

Chegou a hora de Washington mostrar que é iluminado em momentos decisivos e justificar o investimento e a confiança depositada sobre ele.
Enfim, hoje é dia do time se superar.

Nos últimos anos, o São Paulo conheceu o gosto amargo da derrota jogando longe de seu torcedor.

Agora é hora de dar um basta a má fase e sonhar com mais uma conquista de Libertadores.

Por outro lado,uma eliminação diante se seu torcedor,pode trazer mudanças profundas no elenco.

Começando por seu comando.

Desta vez,acho que o enredo não será o mesmo dos anos anteriores.

Tanto para o bem,como para o mal.

FICHA TÉCNICA:

São Paulo – Denis,Zé Luis,André Dias,Renato Silva e Junior César(Richarlyson),Eduardo Costa,Jean,Hernanes e Marlos,Borges e Washington.

Cruzeiro – Fábio,Jonathan,Thiago Heleno,Leonardo Silva e Gérson Magrão,Fabrício,Henrique,Marquinhos Paraná e Wagner,Kleber e Wellington Paulista.

Arbitro – Sérgio Pezzota (ARG)

Auxiliar 1 – Roberto Reta (ARG)

Auxiliar 2 – Diego Romero

Anúncios