taça libertadores

O Grêmio jogou o suficiente contra o Caracas no estádio Olímpico.

O empate sem gols bastava já que na Venezuela o tricolor arrancou um empate com gols (1a1).

E foi assim,cozinhando o galo,que o time de Paulo Autuori chegou a mais uma semifinal de Libertadores.

Agora espera de cadeira cativa para saber qual Brasileiro terá pelo caminho.

No Uruguai jogo parecido com o realizado em Porto Alegre.

O tricolor de lá conseguiu arrancar um empate com gols na primeira partida em São Paulo.

Um empate sem gols bastava ao Nacional para chegar a semifinal depois de 20 anos.

Ao Palmeiras só restava tentar a vitória ou o empate por mais de 1 gol.

O Nacional praticamente abdicou do ataque.

O Palmeiras dominou as ações na maior parte do tempo.

Mas só chegou com real perigo em duas oportunidades no jogo.

Um escanteio batido por Cleiton Xavier no primeiro tempo que bateu no travessão e uma cabeçada de Obina no segundo tempo que raspou o poste esquerdo do gol Uruguaio.

A melhor chance do Nacional foi desperdiçada por Garcia que tocou para fora uma bola cara a cara com Marcos.

O empate em 0 a 0 acabou sendo justo.

Mais uma vez o Palmeiras para no meio do caminho.

Mais uma vez Luxemburgo fracassa em sua tentativa de conquistar um dos poucos títulos que lhe falta no currículo.

O Nacional espera de cadeira cativa seu adversário que sai do jogo entre Estudiantes e Defensor nesta quinta-feira.

No Morumbi o clima vai ferver hoje noite.

De um lado o São Paulo tentando mostrar para 70 mil pessoas que é forte na Libertadores e que a má fase ficou para trás.

De outro o Cruzeiro tentando mostrar a seus torcedores que não é um time caseiro.

Os mineiros jogam pelo empate.

Ao São Paulo basta uma vitória simples.

Se sofrer um gol,terá que marcar três para se classificar nos 90 minutos ou dois para levar a decisão para a disputa de pênaltis.

Na Argentina,o Estudiantes joga com enorme vantagem contra o Defensor.

No primeiro jogo no Uruguai vitória dos visitantes por 1 a 0.

Um empate basta ao time de Veron.

Já os Uruguaios querem aprontar mais uma vez em território Argentino.

Levam a vitória contra o Boca Juniors em plena La Bombonera como exemplo de que é possível reverter a situação.

Uma semifinal Brasileira esta garantida na Libertadores,resta saber se do outro lado teremos um embate entre Uruguaios ou entre Uruguaios e Argentinos.

Anúncios