taça libertadores

O São Paulo perdeu por 2 a 1 o jogo de ida das quartas de final da Libertadores contra o Cruzeiro.

Para as pessoas que entendem um pouquinho de Taça Libertadores,o resultado foi satisfatório.

É claro que não podemos considerar uma derrota um bom resultado.

Mas a regra básica da principal competição Sul Americana,é não perder por mais de um gol fora de casa, e se possível marcar pelo menos um gol na casa do adversário para depois tentar resolver a questão no jogo de volta.

O São Paulo não fez uma má partida contra o Cruzeiro.

O time da casa tinha a obrigação de agredir o adversário e tentar resolver a classificação para a semifinal, no jogo de ida.

Os times entraram em campo com escalações diferentes do que pensava a imprensa e os torcedores.

No Cruzeiro,Adílson Batista não escalou Athirson desde o começo,optando por uma formação mais conservadora.

No São Paulo a escalação de Richarlysson como cabeça de área,não surpreendeu aos setoristas do clube.

A escalação mais contestada foi a de Dagoberto no lugar de Borges.

Para o blogueiro,não há nada de mais em deixar Borges na reserva.

O jogador ficou uma semana em recuperação de uma pancada na cabeça sofrida no jogo contra o Atlético Paranaense,em jogo válido pela segunda rodada do Brasileirão.

Borges tem que entender que não é um Careca,um Luis Fabiano,marca gols sim,mas tem que aceitar a reserva com naturalidade.

Faz gols,sem duvida. Mas tecnicamente não passa de um jogador esforçado.

Em resumo,o São Paulo tem totais condições de reverter o resultado no jogo de volta no próximo dia 17 de Junho no Morumbi.

Uma vitória simples garante o time na semi final da competição.

E observando o retrospecto da equipe do Cruzeiro fora de Casa nos últimos tempos,fica claro que o Tricolor do Morumbi tem totais condições de seguir em frente na principal competição do Continente.

Para o torcedor São Paulino mais experiente,o segundo jogo será tranquilo.

Para a nova geração,será um sofrimento sem tamanho.

A melhor coisa a fazer é pensar no Brasileirão e só lembrar da Liberadores perto do dia 17 de Junho.

Antes disso é pura besteira.

Anúncios