Marcos sorrindo

Palmeiras e São Paulo fizeram um clássico movimentado Palestra Itália.

Os Palmeirenses reclamam de um pênalti não marcado em Diego Souza e os São Paulinos da não expulsão de Jumar no final do primeiro tempo.

Os dois tem razão em suas reclamações.

Mas a realidade é que o placar só não saiu do zero graças a São Marcos e ao Garoto Denis.

No primeiro tempo Marcos fez três grandes defesas.

A primeira em uma cabeçada de André Dias.

A segunda em um chute de Dagoberto.

A terceira em uma virada de Washington a queima roupa.

Já o goleiro Denis fez duas grandes defesas.

A primeira em um chute de Diego Souza de fora da área.

A segunda em uma virada da pequena área do atacante Keirrison.

No final do primeiro tempo o volante Jumar fez falta por trás em Jorge Wagner e merecia o cartão amarelo.

Como já havia recebido cartão,o arbitro Rodrigo Braghetto pipocou e não expulsou o jogador.

Na segunda etapa o Palmeiras foi mais agressivo e pressionou o São Paulo.

Aos 7 minutos Diego Souza foi derrubado por Miranda dentro da areá,pênalti claro não marcado pelo arbitro.

Aos 11,Keirrison perdeu uma boa chance ao chutar cruzado para fora do gol.

No final da partida,Marcos por duas vezes evitou o gol do São Paulo.

Aos 44 em um chute de Dagoberto e aos 46 em um chute de Washington defendido com os pés.

No ultimo lance da partida,Denis fez uma boa defesa em cabeçada de Diego Souza.

O São paulo depois de muito tempo conseguiu encaixar uma boa partida.

Fator importante para dar confiança a equipe de Muricy Ramalho no jogo da próxima quarta-feira contra o Cruzeiro pela taça Libertadores.

Já o Palmeiras se concentra agora no jogo contra o Nacional,também pela Libertadores,na próxima quinta-feira no Palestra Itália.

Anúncios