conmebol1

A dor de cabeça da CONMEBOL para conseguir um lugar para abrigar os jogos de Chivas x São Paulo e San Luis x Nacional, começou na quinta-feira com o veto do governo Colombiano aos jogos em Bogotá.

Nesta sexta-feira o dia foi de reuniões na sede da confederação no Paraguai para tentar encontrar um País na America do Sul que aceitasse sediar os dois jogos.

Mas o Chile, que era a opção mais provável, acabou seguindo o exemplo da Colômbia e vetou as partidas em seu território.

O governo Paraguaio não se manifestou, mas não pareceu simpático a idéia num primeiro memento.

Com o impasse criado, a CONMEBOL achou por bem adiar para segunda-feira a decisão do local dos jogos.

O presidente Juvenal Juvêncio, não quer o adiamento da partida por mais uma semana e faz pressão para que a questão seja resolvida o mais rápido possível.

Várias possibilidades foram aventadas durante o dia: eliminar as equipes Mexicanas, entrando em seus lugares o Everton (CHI) e o Táchira (VEN), o confronto entre os mexicanos com o remanejamento da tabela (o São Paulo enfrentaria o Palmeiras), a realização dos jogos no Brasil e por ultimo o adiamento do jogo até que se defina a questão.

No momento a maior possibilidade é de que as partidas sejam realizadas no Brasil, desde que é claro o governo federal de seu aval.

Caso isso se confirme, haveria tempo hábil para que os jogos sejam realizados na semana que vem, sem a necessidade do adiamento por mais uma semana.

A CONMEBOL marcou a decisão para segunda-feira, mas não será surpresa se já neste final de semana for anunciado o País que sediará as partidas, como quer o presidente do São Paulo.

Isso está virando uma novela digna da turma do Chaves e Chapolin Colorado.

*O Coritiba ofereceu o Estádio Couto Pereira para o Chivas realizar a partida contra o São Paulo.Coxa e Chivas tem um acordo de intercâmbio e claro um ótimo relacionamento.

Anúncios