maio 2009


Brasil 2014

Muita coisa vem sendo dita nos últimos dias sobre a confirmação ou não do estádio do Morumbi como palco da cidade de São Paulo para a Copa de 2014.
Conversei com algumas pessoas diretamente ligadas ao processo de escolha das cidades e estádios para a Copa no Brasil.
Conversei também com pessoas influentes no âmbito municipal e estadual da cidade de São Paulo, que trabalham diretamente na organização para a Copa de 2014.
Alem é claro de pessoas ligadas ao São Paulo Futebol Clube.
Com as informações obtidas, pude juntar o quebra-cabeça que permite mostrar ao leitor a história exata do que aconteceu nos últimos 50 dias com a candidatura do estádio do Morumbi para a copa do mundo no Brasil.
Vamos então aos fatos:
O VETO DA FIFA
Há 50 dias, uma pessoa do governo, que esta trabalhando no comitê organizador da Copa na cidade de São Paulo e com contato direto com os inspetores da FIFA, comunicou a diretoria do São Paulo que o projeto de reforma do estádio apresentado a entidade não seria aprovado.
O projeto apresentado pelo São Paulo passou aos inspetores da FIFA, a impressão de que seria feita apenas uma maquiagem no Estádio do Morumbi, e não uma reforma profunda de modernização, como foi feito, por exemplo, no estádio Olímpico de Berlim para a Copa de 2006.
Em um primeiro momento a noticia da reprovação do projeto do Morumbi, deixou a diretoria do São Paulo em polvorosa.
Mas o presidente Juvenal Juvêncio tem como ponto de honra, garantir a participação do Morumbi como o estádio da cidade de São Paulo na Copa de 2014.
O principal mandatário tricolor, assim que soube do veto ao projeto apresentado pelo clube, entrou em contato com Ricardo Teixeira.
O presidente da CBF se prontificou a consultar os inspetores da FIFA, para saber em quais pontos o projeto do São Paulo teria que ser modificado, não só para o Morumbi ser aprovado como também para ter chances de brigar pela abertura da Competição.
Dias depois o presidente do São Paulo recebeu a informação desejada.
A FIFA queria modificações e melhoras em vários pontos do projeto original.
Tais como:
O local de recepção dos convidados da entidade e dos profissionais de Imprensa.
A localização do setor de imprensa no estádio.
Melhorias no setor VIP.
Melhorias no setor de Zona Mista e de circulação das equipes e profissionais da FIFA.
A construção de um estacionamento com 1800 vagas para convidados da FIFA e profissionais de imprensa.
A cobertura parcial do estádio, não consta do caderno de encargos da entidade, mas foi recomendado.
Não há a necessidade da aproximação do anel inferior ao campo de jogo.
Com estes dados em mãos e com absoluto sigilo para não vazar a informação a imprensa, o São Paulo trabalhou no ultimo mês para deixar o projeto exatamente de acordo com o que quer e exige os inspetores da FIFA.
Novas empresas foram contatadas, principalmente aquelas que detêm a tecnologia para a cobertura de estádios.
O projeto de cobertura do estádio mostrado inicialmente pelo São Paulo, simplesmente não poderia ser realizado, pois as pilastras de sustentação da cobertura, feita nas calçadas ao redor do estádio, seriam irregulares, contra a lei.
A REFORMULAÇÃO DO PROJETO
O São Paulo correu contra o tempo, mas conseguiu chegar à semana do anuncio oficial da FIFA para as cidades sedes, com seu projeto remodelado e totalmente de acordo com o padrão de exigência da entidade máxima do futebol.
Não foi a toa que o presidente do clube, Juvenal Juvêncio convocou uma coletiva de imprensa nesta semana, para falar não só da festa do anuncio oficial da FIFA para as cidades sede preparada para este domingo no Morumbi, como também bancar a abertura da Copa de 2014 no estádio.
Esta é a verdadeira história da epopéia São Paulina para garantir o seu estádio na Copa do mundo de 2014.
Espero ter ajudado o amigo leitor a esclarecer todas as duvidas relativas à candidatura do Morumbi para ser o palco da maior cidade do País na Copa do Mundo do Brasil em 2014.

Anúncios

Vamos a mais um post de perguntas e respostas.

interrogação

Sempre respeitando as regrinhas básicas: Apenas três perguntas por leitor ( para conseguir responder a todos) e sem perguntas repetidas (ficarão sem resposta).

Para quem quiser,também estou no TWITTER – http://www.twitter.com/marcellolimajp
Abraços.

Marcello Lima.

Juninho Pernambucano

O São Paulo se animou com a possibilidade de Contar com Juninho Pernambucano em seu elenco,já que o jogador rescindiu seu contrato com o Lyon.

Mas o jogador decidiu que ainda não é hora de voltar ao Brasil.

Em entrevista a Marluci Martins do jornal O DIA e do portal TERRA, Juninho deixou claro que vai continuar por pelo menos mais um ano na europa e que realmente dará preferência ao Vasco da Gama quando voltar ao Brasil.

Acompanhe aqui um trecho da entrevista de Juninho Pernambucano:

O Dia – É verdade que o Raí fez a você uma proposta do São Paulo?

Juninho – Encontrei com o Raí em Lyon e perguntei-lhe com que idade voltou para o Brasil. Depois, ele me ligou falando sobre o São Paulo. Respondi que teria de resolver minha vida no Lyon antes de ouvir qualquer proposta.

O Dia – Você, então, jogaria no Brasil em outro clube que não fosse o Vasco?

Juninho – Tenho respeito por todos os clubes que têm consideração por mim. Minha preferência, no Brasil, seria o Vasco. Mas não quero criar leilão ou ilusão em ninguém. Minha intenção é ficar aqui um ano.

O Dia – Quando deixará a França?

Juninho – Minha rescisão vai valer a partir de 30 de junho. Até segunda-feira, assino isso, tiro alguns dias de férias, vou a Recife e devo dar uma passadinha no Rio.

O Dia – Vai se encontrar com alguém do Vasco?

Juninho – (Pausa) Não me aperta tanto, por favor. Não faz isso! A torcida do Vasco talvez pense que os dirigentes não estão fazendo nenhum esforço, mas estão. Conversei duas vezes com o Rodrigo Caetano (diretor executivo), mas não quis ouvir nenhuma proposta. Ele disse que faria tudo para eu voltar. Só vou voltar um dia se estiver em condição de ajudar. Tenho vontade, mas vontade não é tudo. É a razão que tem que decidir.

O Dia – Qual será o seu futuro?

Juninho – Minha intenção é jogar pelo menos um ano fora do Brasil. Acho que não é o momento de voltar. Não estou falando como cidadão brasileiro, mas como profissional. Eu me sinto ainda bem para jogar aqui. E não sei se estou preparado para voltar a jogar no Brasil.

Borges de braços abertos

O atacante Borges saiu do jogo contra o Cruzeiro reclamando muito por ter ficado na reserva.

Na verdade o jogador apenas tornou publica uma insatisfação que vem de longa data.

No começo do ano,com a chegada de Washington ao São Paulo,Borges e Dagoberto passaram a disputar uma vaga no ataque tricolor.

Os dois,que acabaram 2008 como titulares na equipe,não gostaram da situação.

O leitor bem se lembra que Dagoberto no começo da temporada não passava a bola nem por decreto a Washington.

Borges por sua vez,deu declarações a imprensa,parecidas com a do jogo contra o Cruzeiro.

O tempo passou,Borges se firmou como titular e Dagoberto,conformado com a reserva,passou a se empenhar nos treinamentos para tentar voltar ao time.

Muitos podem questionar a opção do treinador de manter Washington na equipe.

Mas Muricy gosta de jogar com um atacante mais fixo na área e não vai tirar o jogador,quer gostem ou não os torcedores.

Nos últimos tempos,Muricy teve que se virar para encaixar Dagoberto na equipe,já que Borges vinha bem e Washington é a referencia do treinador,conforme dito.

Na ultima semana,em razão de uma pancada na cabeça sofrida no jogo contra o Atlético Paranaense,Borges pouco treinou,ficou três dias em repouso e em razão disso não enfrentou o Palmeiras,pelo Brasileirão.

Como vinha sendo titular,Borges achou que foi poupado do clássico por não treinar durante a semana,mas que voltaria normalmente ao time no jogo contra o Cruzeiro.

Quando soube no hotel em BH que ficaria na reserva,Borges se revoltou,mas guardou o sentimento para si.

Ao final do jogo resolveu desabafar com a imprensa,sabendo que a repercussão seria grande.

Indagado sobre o Assunto,Muricy Ramalho apenas disse que resolveu manter o mesmo ataque do jogo contra o Palmeiras e que gosta da posição de Borges em não se acomodar com a reserva.

No embarque da delegação para São Paulo,Borges ficou isolado,não quis conversa com ninguém.

A verdade é que dificilmente o atacante permanecerá no clube.

Primeiro porque a diretoria não está fazendo muita força para renovar seu contrato.

Segundo porque o jogador e seu empresário já almoçaram com pessoas ligadas a TRAFFIC.

No meio do ano Borges pode assinar um pré contrato com qualquer equipe e não será surpresa se ele se acertar com outro time para o ano que vem.

Resta saber se mesmo contrariado e com um pé fora do São Paulo,Borges vai continuar jogando com raça e determinação ou vai apenas cumprir tabela até o final do ano.

taça libertadores

O São Paulo perdeu por 2 a 1 o jogo de ida das quartas de final da Libertadores contra o Cruzeiro.

Para as pessoas que entendem um pouquinho de Taça Libertadores,o resultado foi satisfatório.

É claro que não podemos considerar uma derrota um bom resultado.

Mas a regra básica da principal competição Sul Americana,é não perder por mais de um gol fora de casa, e se possível marcar pelo menos um gol na casa do adversário para depois tentar resolver a questão no jogo de volta.

O São Paulo não fez uma má partida contra o Cruzeiro.

O time da casa tinha a obrigação de agredir o adversário e tentar resolver a classificação para a semifinal, no jogo de ida.

Os times entraram em campo com escalações diferentes do que pensava a imprensa e os torcedores.

No Cruzeiro,Adílson Batista não escalou Athirson desde o começo,optando por uma formação mais conservadora.

No São Paulo a escalação de Richarlysson como cabeça de área,não surpreendeu aos setoristas do clube.

A escalação mais contestada foi a de Dagoberto no lugar de Borges.

Para o blogueiro,não há nada de mais em deixar Borges na reserva.

O jogador ficou uma semana em recuperação de uma pancada na cabeça sofrida no jogo contra o Atlético Paranaense,em jogo válido pela segunda rodada do Brasileirão.

Borges tem que entender que não é um Careca,um Luis Fabiano,marca gols sim,mas tem que aceitar a reserva com naturalidade.

Faz gols,sem duvida. Mas tecnicamente não passa de um jogador esforçado.

Em resumo,o São Paulo tem totais condições de reverter o resultado no jogo de volta no próximo dia 17 de Junho no Morumbi.

Uma vitória simples garante o time na semi final da competição.

E observando o retrospecto da equipe do Cruzeiro fora de Casa nos últimos tempos,fica claro que o Tricolor do Morumbi tem totais condições de seguir em frente na principal competição do Continente.

Para o torcedor São Paulino mais experiente,o segundo jogo será tranquilo.

Para a nova geração,será um sofrimento sem tamanho.

A melhor coisa a fazer é pensar no Brasileirão e só lembrar da Liberadores perto do dia 17 de Junho.

Antes disso é pura besteira.

messi comemorando

O Barcelona deu um verdadeiro banho tático no Manchester United e com todos os méritos conquistou a UEFA Champions League ao vencer por 2 a 0.

O Manchester começou a partida dando a impressão de iria atropelar o Barcelona.

Em apenas 8 minutos deu 5 chutes ao gol.

Cristiano Ronaldo por duas vezes quase abriu o placar.

Mas no primeiro ataque do Barça,Samuel Eto´o passou como quis por seu marcador e marcou o primeiro gol da partida.

A partir daí o Barcelona se impôs em campo e mostrou aos Ingleses que não deixariam o título escapar.

No segundo tempo a supremacia Catalã continuou,e em um contra-ataque Lionel Messi de cabeça enterrou o sonho do Manchester ao marcar o segundo gol da partida.

O Barcelona conquistou a tríplice coroa, venceu o campeonato Espanhol,a Copa do Rei e a UEFA Champions League.

No jogo de hoje,destaques para Lionel Messi,Iniesta e Carlos Puyol.

A taça mais importante da Europa está em boas mãos.

pitacos

Atendendo a pedidos vamos aos palpites dos jogos da Copa do Brasil e da Libertadores.

Copa do Brasil

Vasco da Gama 1 x 2 Corinthians

Internacional 3 x 1 Coritiba*

Libertadores

Cruzeiro 1 x 1 São Paulo

Caracas 1 x 2 Grêmio

Palmeiras 2 x 0 Nacional

UCL

Barcelona 1 x 1 Manchester United – Nos penaltis Barcelona.

*corrigido

Próxima Página »