homens-trabalhando

Nas próximas duas semanas o São Paulo vai apenas treinar no CCT.

E pelo futebol sofrível dos últimos jogos vai ter que ralar muito para mostrar alguma coisa de diferente ao torcedor, na primeira partida das oitavas de final da Libertadores,no começo de Maio.

O futebol apresentado nos últimos tempos pelo São Paulo esta me lembrando o final do primeiro turno do Brasileirão do ano passado, quando o time estava apático e sem o mínimo comprometimento com a competição e com seus torcedores.

Na ocasião, após o jogo contra o Atlético Mineiro(uma das piores partidas de futebol que já vi), uma reunião entre a comissão técnica, jogadores e diretoria, serviu para lavar a roupa suja e colocar o pingo nos is.

Coincidência ou não, a partir dali o São Paulo melhorou seu futebol, o comprometimento voltou e o time arrancou para o inédito Tri campeonato Nacional.
Acho que seria muito bom e absolutamente necessário que isso acontecesse novamente nesta folga do calendário.

Conheço bem Muricy Ramalho, há 4 anos convivo quase que diariamente com o treinador são paulino.

Não espere que ele venha a publico criticar algum jogador do elenco ou membro da comissão técnica.

O seu discurso sempre será o de tentar mostrar as dificuldades da partida disputada, a qualidade do adversário enfrentado(até quando não a tem).

Mesmo quando o time joga uma péssima partida, o Maximo que faz é admitir que a equipe não foi bem.

Essa é a postura e a maneira de agir do treinador São Paulino.

Nunca expor seus comandados ou a si mesmo nas coletivas.

Os últimos jogos do São Paulo, porém, nos deixa claro que alguma coisa não vai bem pelos lados do CCT.

Não vou entrar na questão tática ou até mesmo técnica.

É claro que as contusões e suspensões atrapalharam a equipe na reta final do Paulistinha, é claro que alguns jogadores não vivem um bom momento.

Mas, Voltando ao começo do texto, o que me deixou impressionado nos últimos jogos, foi a Postura da equipe em campo.

Na semifinal do Paulistinha, jogou como time pequeno na partida do Pacaembu e mereceu perder.

A forma como os jogadores desistiram do jogo após o time sofrer o segundo gol do Corinthians no jogo do Morumbi foi simbólico.

Representa bem o atual momento e tudo o que expus neste post.

No tal jogo da recuperação, contra o América de Cali, o que vimos foi muita transpiração (de alguns)e pouca inspiração (de quase todos).

Se os dias de treinamento servirão para por a casa em ordem, só o tempo dirá.

Mas não resta há a menor duvida de que algo não vai bem no Reino Tricolor.

Se nada mudar, arrisco dizer que o time não irá longe na Libertadores.

Anúncios