fpf3

Ontem o Corinthians conquistou a vaga para a final do Paulistinha com muita propriedade.

O técnico Mano Menezes manteve a mesma equipe que venceu o jogo no Pacaembu na semana passada.

Já Muricy Ramalho, resolveu adotar a tática do espelho, ou seja, mandou o São Paulo a campo com uma formação tática igual a do Corinthians.

A principal diferença é que o Corinthians já vinha treinando e jogando com este esquema há algum tempo, enquanto o São Paulo teve apenas 2 dias para treiná-lo (em razão do jogo na Colômbia).

O que se viu em campo no primeiro tempo foi um São Paulo pressionando em busca do gol e um Corinthians partindo só na boa,mas desperdiçando muitos contra ataques.

Apesar do domínio o time de Muricy não conseguiu sair do zero.

No segundo tempo o São Paulo jogou apenas 10 minutos.

Quase marcou logo aos 30 segundos em uma cabeçada de Borges que explodiu no travessão.

O São Paulo dava a impressão de que alugaria o campo do Corinthians até conseguir marcar seu gol.

Mas a impressão logo foi desfeita.

Aos 10 minutos o Corinthians conseguiu encaixar um bom contra ataque e Douglas abriu o placar após rebote de um chute de Jorge Henrique que bateu na trave e voltou limpa para o meio campista.

O São Paulo não teve tempo de tentar uma reação.

No ataque seguinte o volante Cristian (aquele dos dedos mal criados)roubou a bola e fez um grande lançamento para Ronaldo.

O atacante ganhou da zaga na corrida e com um leve toque desviou de Bosco para o fundo gol.

O gol de Ronaldo enterrou de vez o animo dos jogadores do São Paulo que se lançaram a frente sem nenhuma organização tática e sem levar perigo ao gol de Felipe.

O Corinthians só não transformou a vitoria em goleada pela total displicência de Douglas, Dentinho e companhia.

Resultado justo.

Ganhou a equipe que foi melhor taticamente e tecnicamente nos dois jogos.

O São Paulo apenas melhorou sua postura e vontade em relação ao primeiro jogo.

Muito pouco para quem pensava em passar para a final do Paulistinha.

Corinthians e Santos chegam com moral para a decisão.

Mano Menezes após conquistar dois campeonatos Brasileiros da série b (Grêmio e Corinthians) tenta seu primeiro titulo na primeira divisão.

Já Vagner Mancini quer se firmar como um dos melhores treinadores do País.

Enquanto isso só resta a Muricy Ramalho e Wanderley Luxemburgo recolher os cacos da eliminação em suas respectivas casas e pensar unica e exclusivamente na Libertadores.

Situação melhor para o São Paulino que pelo menos já esta classificado para a próxima fase.

Luxemburgo vai ter que tirar coelho da cartola para classificar o Palmeiras para as oitavas de final.

Anúncios