cristhian-corinthians

O São Paulo foi ao Pacaembu para jogar pelo empate.

No primeiro tempo atraiu o Corinthians para o seu campo e jogou no erro do adversário.

Marcou um gol em cobrança de bola parada com Miranda (Impedido) e na seqüência sofreu o empate com um gol de Elias.

Borges sozinho na cara de Felipe perdeu um gol feito e desperdiçou a oportunidade de botar o São Paulo em vantagem.

No segundo tempo só uma equipe voltou a campo: o Corinthians.

O São Paulo irreconhecível abdicou do ataque e só se defendeu.

O Corinthians se atirou com tudo ao ataque, principalmente depois da expulsão (injusta)de André Dias.

A única chance de gol do São Paulo saiu dos pés de Jorge Wagner em um chute de fora da área bem defendido por Felipe.

Ronaldo perdeu gol feito, Jorge Henrique perdeu boa chance, Douglas quase marcou em um chute de fora da área em que Rogério Ceni quase aceitou.

Elias foi outro que por pouco não marcou mais um na partida em um chute forte bem defendido por Rogério.

O jogo parecia mesmo fadado ao empate.

Mas só parecia.

No ultimo lance do jogo, Jorge Wagner que já havia errado um passe que ocasionou a expulsão de André Dias, errou novamente e em vez de chutar para frente uma bola dominada, tentou cavar uma falta.

O volante Cristian roubou a bola do jogador São Paulino,avançou e chutou forte para o gol.

A bola veio como um míssil para cima de Rogério Ceni que só teve tempo de ver a rede estufando.

Vitória merecida do Corinthians que buscou os três pontos desde o inicio da partida.

Agora joga no Domingo que vem com a vantagem do empate.

No São Paulo, destaque negativo para toda a equipe e para o técnico Muricy Ramalho que apostou em uma tática covarde e acabou pagando o preço no final.
Não poderia deixar de citar Jorge Wagner (responsável direto pelo resultado) e Hernanes que sumiu do jogo não acertando um passe de meio metro.

Rogério Ceni, apesar de uma boa defesa em um chute de Elias, quase cometeu sua quarta falha em 3 jogos.

Alguma coisa deve estar acontecendo com o capitão do São Paulo.

No Domingo que vem com uma longa viagem a Colômbia no meio da semana, o São Paulo terá que jogar um pouco de futebol se quiser chegar à final.

Quem sabe a necessidade de vitória faça com que o time mude sua postura e respeite seu torcedor.

Caso contrário, o Corinthians agradece.

Anúncios