muleke-jogando-bola4Rodada agitada no Paulistinha.

No Pacaembu o Corinthians não conseguiu passar pela Ponte Preta.

No primeiro tempo a Ponte Preta usou bem o contra ataque e conseguiu sair na frente com Leandrinho.

Ronaldo sofreu pênalti inexistente e empatou a partida.

No Segundo tempo o Fenômeno lembrou os velhos tempos e marcou seu quarto e mais bonito gol até agora com a camisa do Corinthians.

A Ponte não se entregou e foi buscar o empate com o Zagueiro Gum.

Resultado que agradou ao Palmeiras, praticamente garantido na primeira posição  desta fase da competição.

O Corinthians fica com um ponto de vantegem em relação ao São Paulo:34 a 33.

Na Vila Belmiro o Santos atropelou o Santo André com direito a mais um gol do garoto Neymar.

Madson, que não pode ser reserva no time de Vagner Mancini, também deixou sua marca, assim como o lateral Esquerdo Triguinho.

O Peixe continua fora do G4, mas está na cola da Portuguesa e a três pontos do São Paulo.

Deve decidir a vaga no jogo contra a Lusa na Vila Belmiro.

Já o Ramalhão praticamente deu adeus a classificação.

No Canindé a Portuguesa voltou a ser Portuguesa e só empatou com o Mirassol.

É impressionante como a Lusa sente a responsabilidade quando só precisa de suas forças para avançar em uma competição.

Vem sendo assim nos últimos anos e não foi diferente nesta quarta-feira.

O Mirassol abriu o placar com Junior Maranhão.

A Lusa não deu tempo para o time do interior comemorar e empatou com Athirson dois minutos depois.

No segundo tempo a Portuguesa pressionou, mas sofreu o segundo gol aos 36 minutos em chute de Luis Ricardo.

Mas aos 43, Marco Antonio cobrou uma falta na área e Fabrício Carvalho meteu a mão na bola que ainda desviou na zaga e morreu no fundo gol.

Gol irregular validado pela arbitragem.

Isso mesmo, por incrível que pareça a Lusa foi ajudada pelo Juiz para conseguir o empate.

Continua na quarta posição, mas com apenas 1 ponto de vantagem sobre o Santos.

Em Bauru o São Paulo encaixou um bom jogo contra o Noroeste e saiu com uma importante vitoria.

No primeiro tempo os comandados de Muricy Ramalho repetiram o que fizeram em Jundiaí na ultima partida: Cansaram de perder gols.

Na segunda etapa o São Paulo continuou melhor e Washington aproveitou o vacilo da zaga para driblar o goleiro e abrir o Placar.

Jorge Wagner ampliou para o São Paulo após boa troca de passes do ataque tricolor.

O Noroeste descontou  em uma grande defesa de Rogério Ceni, que tirou a bola após a risca fatal.

Lance difícil bem validado pela arbitragem.

No final Borges sentiu dores no joelho esquerdo e será mais bem avaliado nesta quinta-feira para saber se estará em campo no sábado contra o Palmeiras no Morumbi.

O São Paulo conseguiu um pequeno respiro na classificação.

Uma vitória no clássico de Sábado contra o Palmeiras pode deixar a equipe bem próxima da vaga para a fase semifinal do Paulistinha.

Anúncios