taca-libertadores9Grêmio e Cruzeiro entraram em campo ontem pela Taça Libertadores.

O Grêmio fez sua estréia na competição jogando contra a Universidade do Chile no Olímpico.

Já o Cruzeiro jogou em Quito contra o Deportivo.

No Olímpico, o Grêmio massacrou a Universidade do Chile.

Chutou e cabeceou bolas rente a trave, na trave, nas mãos do goleiro, nas costas dos Zagueiros, mas não conseguiu marcar um único gol.

Os Chilenos resistiram bravamente e contaram com a sorte e a má pontaria Gremista para beliscar um importante ponto como visitante.

Já o Tricolor Gaúcho lamentou as inúmeras chances perdidas e o empate em casa.

O desconhecido Boyacá Chicó da Colômbia lidera o grupo com 3 pontos.

O Aurora da Bolívia é o lanterna com nenhum ponto.

Já no Equador, o Cruzeiro queria ratificar a liderança do grupo 5, jogando contra o Deportivo Quito.

Jogou melhor que o time da casa no primeiro tempo e saiu na frente com um gol de Ramirez.

O Deportivo abusou da violência contando com a conivência do arbitro Peruano Georges Buckley.

Foram várias entradas criminosas dos equatorianos sendo punidas apenas com o cartão amarelo.

O atacante Wellington Paulista aceitou a provocação dos rivais e acabou sendo expulso no final do primeiro tempo.

No Segundo tempo foi a vez de Fabrício entrar na onda e ir para o chuveiro mais cedo deixando a raposa com 9 jogadores.

O Deportivo também teve um jogador expulso (Checa)mas com um jogador a mais foi para cima até conseguir o gol de empate aos 46 minutos.

Foi o chamado empate com sabor de derrota para os Mineiros.

Mas mesmo assim o Cruzeiro garantiu a Liderança com 4 pontos.

O Deportivo tem 2, o Universitário de Sucre tem 1 ponto e o Estudiantes ainda não pontuou.

 

Anúncios