taca-libertadores6Acompanho a Copa Libertadores mais de perto, como repórter, ha pelo menos 11 anos.

Durante todo esse tempo vi muitas coisas acontecerem, equipes grandes caindo diante de adversários inferiores, Favoritos se classificando no bico do corvo na Fase de Grupos e depois conquistando o caneco e até zebras ganhando a competição.

Na Libertadores não existe uma formula mágica para vencer.

Principalmente quando chega a fase eliminatória.

Mas na Fase de grupos, para conseguir a classificação sem sustos, uma regra básica tem que ser seguida: Fazer sempre a lição de casa, não perder pontos em casa.

Se uma equipe vencer todos os seus jogos como mandante, estará muito próximo da fase seguinte, podendo inclusive administrar os jogos  como visitante.

Em cima desta tese, é correto afirmar que o São Paulo começou a Libertadores pisando na bola, não fez a lição de casa e agora vai ter que correr atrás para se classificar.

É verdade que foi apenas o primeiro jogo, mas também é verdade que uma vitoria fora de casa se faz necessário para compensar os dois pontos perdidos diante se seu torcedor.

O grupo 4, que na teoria parecia difícil, vai mostrando na pratica que será sim uma briga de foices.

 

 

Anúncios