dolares2Kaká acabou recusando a montanha de Euros vinda dos Árabes que mandam no Manchester City.

Preferiu ficar no seu time de coração.

Time grande da Europa que sempre luta pelos principais títulos do velho continente.

Trocou o dinheiro farto, pelo carinho da torcida e pela tradição do Milan.

Quem não gostou do desfecho foi o São Paulo, que poderia ganhar um belo reforço de caixa.

Os Árabes certamente torceram o nariz para a decisão de Kaká.

Talvez tenha sido a primeira vez em suas vidas que cruzaram com uma pessoa que não se encantou com sua principal arma: O dinheiro.

A diretoria do Milan, com certeza ficou num beco sem saída.

Em um momento de crise mundial, uma proposta como esta daria um enorme alivio no caixa Milanês.

Mas como ir contra a vontade dos torcedores e principalmente do jogador?

Enquanto isso na Inglaterra, o City resignado publicava em seu site o fim das negociações com o Brasileiro.

Robinho, que hoje é o principal nome da equipe deixou a concentração na Espanha onde esta o time e viajou para o Brasil.

Inconformado com o desfecho da negociação de Kaká, ele simplesmente abandonou a concentração da equipe sem dar satisfação a ninguém?

Esse foi o comentário nos tablóides Ingleses.

Hoje Robinho deixou um comunicado em seu site dizendo que voltou ao Brasil para resolver problemas com a documentação de seu filho e que tudo foi combinado e autorizado pela diretoria do Manchester City.

O jogador confirmou que volta  a jogar normalmente pelo clube Inglês, mas, não deixou de cutucar a diretoria quando disse que espera poder jogar futuramente em um time reforçado.

Enfim, Robinho só vai poder formar dupla com Kaká na seleção Brasileira, e olhe lá.

Anúncios