justica-esportivaEm um campeonato Brasileiro onde o STJD,está tentando ser mais importante que os atletas e as equipes,é bom o atacante Kleber Pereira começar a se preocupar.

Após  o jogo entre Vasco e Santos em São Januário, na saída do gramado, inconformado com a marcação do pênalti que deu a vitória ao time carioca, Kleber Pereira, de cabeça quente, acabou desabafando no microfone Jovem Pan de Rodrigo Viga.

Para o atacante Santista, o árbitro do jogo, Elmo Alves Resende Cunha, de Goiás, já veio para São Januário pressionado e estava saindo com o bolso cheio.

Declaração grave, já que Kleber insinuou que o Árbitro foi subornado para favorecer o Vasco.

Não bastasse ser julgado pelo tribunal de araque, muito provavelmente Kleber terá que responder na justiça comum sobre esta acusação.

Elmo Alves Resende Cunha, pretende entrar na justiça contra o jogador Santista.

Como o ônus da prova, cabe ao acusador, Kleber vai ter que se virar para provar o que disse.

Outro que pode pegar um gancho no STJD também por declarações que põem em duvida a honestidade do Quarteto de Arbitragem é o goleiro Fabio Costa.

O árbitro relatou que após assinar a sumula no final do jogo, o capitão do Santos Fábio Costa se dirigiu a Péricles Bassuls Corter, quarto árbitro, da seguinte maneira: ”Você é um auxiliarzinho de merda e agora vai lá receber uma lembrancinha do Vasco.”

Os senhores do STJD, devem estar esfregando as mãos, só esperando a denuncia contra os dois jogadores do Santos ser concretizada.

O departamento Jurídico do Peixe vai ter trabalho neste final de campeonato.

 

Anúncios