Um ponto separou Massa do título.

Uma curva, quinhentos metros, e um pneu liso em baixo de chuva, impediram o tão sonhado título.

Um sinal errado no pirulito eletrônico da Ferrari em Singapura, um motor que estourou há três voltas do final na Hungria, um erro de estratégia da equipe em Silverstone, erros que tiraram o título de Felipe.

Mas não foi um ano jogado fora. Foi um ano de amadurecimento,foi um ano para impor respeito dentro da Ferrari.

Foi uma temporada que dá moral e força para no ano que vem buscar um título que escapou por entre os dedos.

Massa mostrou que é grande, não perdeu para qualquer um, perdeu para outro jovem piloto, tão grande quanto ele.

Que bom que a fórmula 1, voltou a ter um brasileiro brigando pelo lugar mais alto,que bom que a monotonia da era Shumacher está dando lugar novamente a disputas acirradas.

Parabéns Felipe, você é Massa!

Parabéns Hamilton, você é fera!

Anúncios