Rogério Ceni segue sua rotina de 9 horas diárias no REFFIS, tentando se recuperar o mais rápido possível de uma lesão na panturrilha.

O goleiro chegou até a cogitar sua volta já no próximo sábado contra o Ipatinga.

Mas em uma conversa com o técnico Muricy Ramalho, Rogério achou melhor continuar seu tratamento para ter condições de jogo contra o Náutico.

Se o goleiro fosse com a delegação nesta sexta-feira para Ipatinga e não jogasse, perderia pelo menos dois dias de tratamento.

Por ser uma contusão muscular, o melhor a fazer é mesmo esperar a cicatrização completa do local.

Uma volta precipitada pode deixar Rogério afastado por muito mais tempo.

Anúncios