agosto 2008


São Paulo

 

A conta que o são Paulo tem que fazer a partir de agora é: Estou a um ponto do G4.

 

O torcedor do tricolor tem que esquecer o titulo, o time luta para ficar entre os quatro primeiros.

 

Grêmio e  Palmeiras não são mais adversários.

 

Os rivais agora são,Cruzeiro, Botafogo, Vitória, Flamengo e Coritiba.

 

Pela primeira vez em cinco anos, o São Paulo corre o risco de ficar de fora da taça Libertadores.

 

Ano para ser esquecido, principalmente pela diretoria, que foi infeliz nas contratações feitas ao longo de 2008.

 

É preciso rever a política do gasto zero para trazer reforços.

 

A copa de 2014 é importante para a cidade e para o clube, mas o time de futebol (razão de ser do tricolor) não pode em hipótese nenhuma ser colocado em segundo plano.

 

Pensar que passar um ano sem titulo é normal, é pensar pequeno, é ser medíocre, é projetar o nano e não o macro.

 

Infelizmente para o torcedor São Paulino, a chance do inédito tricampeonato foi menosprezada e jogada no lixo.

 

Palmeiras

 

Ao contrário do São Paulo, o Palmeiras segue firme na cola do líder, conseguiu sua primeira vitória na arena da baixada.

 

Luxemburgo, mesmo sem Valdivia conseguiu dar equilíbrio ao meio campo, adiantando Diego Souza.

 

O ponto fraco e que pode comprometer a luta pelo titulo, continua sendo a defesa, com os medonhos Gladstone e Jéci.

Grêmio

 

Entra rodada, sai rodada, e o Grêmio continua firme na liderança.

 

Mesmo não jogando um futebol vistoso, conseguiu uma difícil vitória contra

 o fraco Vasco da Gama por 2 a 1.

 

Parece que dessa vez o técnico Celso Roth vai conseguir manter uma equipe no topo até o final da competição.

 

Robinho x Real Madrid

 

 Lamentável a briga de Robinho com o Real Madrid.

 

O jogador e Wagner Ribeiro, seu procurador, forçam a barra para que o clube merengue aceite a proposta do Chelsea de Felipão.

 

Tenho duvidas se o procurador está pensando realmente na carreira do atacante ou apenas no que vai ganhar na transação.

 

Se fosse o Real, não venderia, multaria, e ainda deixaria Robinho afastado por tempo indeterminado.

 

Quem sabe assim ele aprenderia a cumprir seus contratos (mais dois anos com o Real) e a respeitar a vontade de quem lhe paga os salários!

 

Janela de Transferências

 

Achei que a janela de meio de ano não causou tantos estragos como se pensava,

 

Três equipes sofreram um pouco mais que as outras na minha opinião.

 

Em primeiro lugar o Flamengo (Renato Augusto, Marcinho e Souza), depois o Fluminense (Cícero, Gabriel e principalmente Thiago Neves) e em terceiro o Palmeiras (Henrique e Valdivia).

 

Ronaldinho Gaúcho

 

Apesar do Milan decepcionar seu torcedor com a derrota em casa para o Bologna (1×2), Ronaldinho gaúcho fez uma boa estréia no time milanês.

 

Pelo menos os jogos olímpicos serviram para dar ritmo de jogo e forma física ao meia atacante.

 

Alex Bruno x Marítimo

 

Perguntei ontem no CCT a João Paulo Jesus, diretor de futebol do São Paulo, porque a negociação do zagueiro Alex Bruno com o Marítimo não foi concretizada.

Segundo o dirigente, os portugueses não conseguiram agilizar a tempo a documentação exigida para a transferência internacional.

 

O diretor de futebol confirmou que o clube acertou na ultima segunda-feira o empréstimo do zagueiro por um ano ao time português.

 

Ficou faltando então acertar a documentação necessária, para que Alex Bruno pudesse jogar em Portugal.

 

Na sexta-feira o Tricolor recebeu um telefonema do procurador de Alex Bruno, informando que o Marítimo não havia conseguido vencer a burocracia a tempo.

 

 Com a janela de transferências se encerrando no dia 1 de setembro, não seria possível concluir o empréstimo.

 

Não vi muito interesse do dirigente em emprestar o zagueiro para alguma equipe do Brasil, o Coritiba é o maior pretendente.

 

A diretoria tem até o dia 19 de setembro para definir se empresta ou não o atleta.

Palpites da Rodada:

 

Goiás 2 x 1 Figueirense

 

Vitória 5 x 1 Ipatinga

 

Botafogo 4 x 0 Náutico

 

São Paulo 2 x 1 Santos

 

Grêmio 2 x 0 Vasco

 

Atlético Pr 1 x 2 Palmeiras

 

Sport 1 x 1 Inter

 

Flamengo 2 x 2 Fluminense

 

Cruzeiro 2 x 1 Coritiba

 

Portuguesa 3 x 1 Atlético Mg

O São Paulo negociou o atacante Aloísio com o futebol árabe.

 

O Al Ain, time do técnico Abel Braga e do meio campista Valdivia, fez uma proposta ao atacante.

 

Mas quem acabou fazendo a melhor proposta foi o Al-Rayyan, time dirigido por Paulo Autuori.

 

O São Paulo, leva 1 milhão de dólares pela transferência.

 

O atacante deve seguir no começo da próxima semana para o Qatar.

 

Bom negócio para o clube, que já não esperava lucrar mais nada com o jogador, e bom para o Chulapa, que acaba de complementar seu pé de meia para uma aposentadoria tranqüila e merecida.

 

Boa sorte Aloísio.

 

 

Soco no pescoço é um ato normal no futebol, já uma cotovelada no peito do adversário é passível de pena de dois jogos de suspensão.

 

Esta é a lógica do STJD no Rio de Janeiro.

 

O atacante Dagoberto e o zagueiro Léo (Grêmio), foram julgados nesta sexta-feira por suas expulsões no jogo entre tricolores na abertura do returno.

 

Segundo a súmula do jogo feita pelo árbitro Alicio Pena Junior, Dagoberto foi expulso por que “atingiu seu adversário com uma cotovelada no peito”.

 

Já o zagueiro Léo, segundo o arbitro, foi  expulso porque “Desferiu um soco no pescoço de Dagoberto em ação de revide imediato”.

 

Diante do relatado na súmula do jogo, fica claro que a mesma pena deveria ser aplicada aos dois atletas.

 

Mas o sempre coerente e correto tribunal, resolveu aplicar pena de dois jogos de suspensão a Dagoberto e absolver o Zagueiro do Grêmio.

 

O argumento de que Dagoberto é reincidente, cai por água abaixo depois que Kleber do Palmeiras foi absolvido nas três vezes em que foi expulso.

 

Mas assim funciona nosso glorioso tribunal, com penas que só eles entendem.

 

Nós, leigos em direito esportivo, nunca vamos entender os artigos e parágrafos, que são usados pelos nobres e coerentes senhores para julgarem nossos atletas.

 

Parece que o bom senso passa muito longe do STJD.

No próximo dia 16 de setembro, começa a liga dos campeões da Europa, a maior competição de clubes do mundo.

 

Na primeira fase, 32 equipes divididas em 8 grupos (A a H).

 

A fase de grupos termina no dia 10 de dezembro, passando a fase de mata-mata as duas melhores equipes de cada grupo, as terceiras colocadas seguem para a copa da Uefa, e os lanternas seguem para casa.

 

Segue os grupos e os favoritos na minha opinião.

 

 

GRUPO A

Chelsea (Ing)

Roma (Ita)

Bordeaux (Fra)

Cluj (Rom)

 Palpite – O Chelsea de Felipão, não deve ter dificuldades para ficar com a primeira colocação, a Roma fica com o segundo lugar o Bordeaux em terceiro e o Cluj da Romênia faz a figuração do grupo.

GRUPO B

Inter (Ita)

Werder Bremen (Ale)

Panathinaikos (Gre)

Anorthosis (Cip)

Palpite –  A Inter de Milão do técnico José Mourinho, fica com a primeira colocação, Werder Bremem fica em segundo, os gregos do Panathinaikos em terceiro e os Cipriotas do Anorthosis fazem o papel de saco de pancadas.

GRUPO C

Barcelona (Esp)

Sporting (Por)

Basel (Sui)

Shakhtar (Ucr)

 Palpites – O Barcelona deve confirmar seu favoritismo e assegurar a primeira colocação, o Shakhtar dos brasileiros Jadson e William fica com a segunda vaga, o Sporting em terceiro e o Basel  na lanterna.

GRUPO D

Liverpool (Ing)

PSV (Hol)

Olympique de Marselha (Fra)

Atlético de Madri  (Esp)

 Palpite – Um dos grupos mais difíceis ao lado do grupo H. O Liverpool fica em primeiro, o Atlético de Madri em segundo, Psv em terceiro e o Olimpique na quarta colocação.

GRUPO E

Manchester United  (Ing)

Villarreal (Esp)

Celtic (Esc)

Aalborg (Din)

 Palpite – Aposto no  Manchester United, atual campeão em primeiro, Celtic em segundo, Villareal em terceiro e os dinamarqueses do Aalborg em último.

GRUPO F

Lyon (Fra)

Bayern de Munique (Ale)

Steaua Bucareste (Rom)

Fiorentina (Ita)

 Palpite – Grupo equilibrado, aposto no Bayern em primeiro, Fiorentina em segundo, Lyon em terceiro e Steaua em quarto.

GRUPO G

Arsenal (Ing)

Porto (Por)

Fenerbahçe (Tur)

Dínamo de Kiev (Ucr) 

 Palpite – Arsenal fica em primeiro, o Fenerbahçe de Lugano em segundo, Porto em terceiro e o Dínamo em quarto.

GRUPO H

Real Madrid (Esp)

Juventus (Ita)

Zenit (Rus)

Bate Borisov (Bie)

Palpites – Sem duvida o grupo mais complicado. Um dos grandes fica pelo caminho, o Zenit (acabou de ganhar o supercopa vencendo o Manchester por 2 a 1) deve beliscar uma vaga e o Bate Borisov  da Bielorussia deve apanhar de todos. Fico com a Juventus em primeiro, Zenit em segundo, Real em terceiro e Bate Borisov em quarto.

Nesta última quinta-feira, o nadador medalha de ouro, César Cielo, esteve nos estúdios da Jovem Pan.

 

Participou do Pânico! Na Fm e depois veio até o estúdio principal da Am, onde acontecia o Esporte em Discussão.

 

A entrevista foi rápida, cerca de 15 minutos, todos nós fizemos perguntas ao campeão.

 

Duas respostas me chamaram a atenção.

 

A primeira foi a critica feita por Cielo, a confederação Brasileira de natação e seu presidente, Coaraci Nunes.

 

A apenas um mês dos jogos olímpicos, Coaraci Nunes, queria que Cielo saísse dos Estados Unidos, onde fazia sua estafante preparação, perdesse quatro dias de treinos (que poderia representar a diferença entre uma medalha ou nada), para vir até Brasília, participar de um evento com o Presidente Lula e sua corja de puxa-sacos.

 

César ficou indignado, bateu o pé, peitou a confederação e seu presidente inconseqüente, e não veio ao Brasil.

 

Até ameaça de perder patrocínio, ele teve. Mas o profissionalismo do nadador, em prol de meia dúzia de tapinhas nas costas e discursos inúteis e hipócritas, valeu um Bronze e um Ouro a César.

 

A segunda resposta indignada do nadador foi quando ele soube que Ronaldinho Gaúcho havia atendido o celular no pódio, quando recebia a medalha de bronze no futebol.

 

É indescritível a cara de decepção e indignação que Cielo fez, Ronaldinho Gaúcho ficaria constrangido.

 

É inadmissível para um atleta que pratica um esporte chamado amador, que uma medalha olímpica seja desprezada como fez o jogador dentuço.

 

Para não mandar Ronaldinho para aquele lugar mal cheiroso, Cielo pediu para partirmos para a próxima pergunta.

 

Que Ronaldinho não cruze o caminho de César Cielo, pois em vez do celular é capaz de levar outro tipo de telefone na orelha.

 

Próxima Página »