julho 2008


Enquanto a maioria dos clubes europeus disputa, palmo a palmo um naco do mercado Asiático nesta pré-temporada, o Barcelona resolveu tentar desbravar as Américas.

 

Depois de fazer a primeira parte de sua pré-temporada na Escócia, o time de Lionel Messi, seguiu nesta quinta-feira para os Estados Unidos.

 

O Barcelona tenta ganhar simpatizantes e dólares na terra do Tio Sam.

Para isso marcou dois amistosos, um em Boston, contra o Chivas Guadalajara e outro em Nova York contra a equipe da Red Bull.

 

Daí ,a tentativa de barrar a participação de Messi nas olimpíadas de Pequim, já que o jogador seria sem duvida, o principal atrativo nesses dois jogos.

 

Se nosso calendário fosse um mínimo organizado, nossas equipes poderiam fazer o mesmo, unir o útil ao agradável e ganhar dinheiro, enquanto se preparam para as competições.

 

Mas ai, e’ querer demais!

O mercado europeu continua fervendo com a chamada abertura de janela.

 

E não só os jogadores brasileiros que atuam no Brasil são alvos dos grandes clubes.

 

A Roma da Itália, depois de sondar Julio Batista (Real Madrid), agora volta suas baterias para o meio campista Elano do Manchester City.

 

Elano ficou feliz com  interesse do clube romano, mas acha difícil a liberação do City. Se quiser tirar o jogador da Inglaterra, a Roma vai ter que botar a mão no bolso.

 

Elano assiste de camarote a disputa por seus direitos federativos.

Conversei hoje com uma pessoa ligada ao Bahia, que luta por uma vaga na serie A do campeonato brasileiro de 2009.

 

A equipe do técnico Arturzinho, esta a procura de um lateral  direito.

 

Nos próximos dias o tricolor de aço, deve fazer uma consulta ao tricolor paulista, para saber se existe a possibilidade de empréstimo do jovem Rafael.

 

Acho que seria uma boa para o São Paulo. Rafael  acabou de subir da base e vem sendo pouco aproveitado no time principal.

 

Jogar uma competição dura como a serie b, daria experiência e ritmo de jogo ao jovem lateral, alem de permitir uma analise mais rigorosa por parte do São Paulo em relação a seu futebol.

 

Vamos aguardar.

Os três reforços contratados pelo São Paulo (André lima, Anderson e Rodrigo), já estão  liberados para atuar a partir deste final de semana.

 

Porem, só Rodrigo e André Lima estarão a disposição de Muricy Ramalho para o jogo de domingo contra o Vasco da Gama no Morumbi.

 

Anderson ainda esta em fase final de recuperação de uma cirurgia no joelho e embora tenha participado de alguns jogos treino no cct, ainda não esta 100 % fisicamente para estrear com a camisa do São Paulo.

 

Anderson deve estar pronto para jogar, na partida do dia nove de agosto, contra o Goiás no Morumbi.

Confesso que não vi nada de mais nas imagens que mostram a saída de Valdivia do campo, após ser substituído no jogo do Palmeiras contra o Flamengo.

 

Para mim foi feita uma enorme tempestade em copo d ‘água.

Surpreendeu-me a reação quase colérica do técnico Vanderlei Luxemburgo, na coletiva de imprensa após a partida.

 

Mas antes que a maionese desandasse de vez, o chileno inteligentemente, tratou de por panos quentes nesta polemica.

 

Valdivia participou de um evento nesta quinta-feira, e foi entrevistado pelo repórter Fabio Serôdio no Jornal de esportes da Jovem Pan.

 

O jogador disse que não ficou bravo com a substituição feita pelo treinador palmeirense, que esta aborrecido por alguns problemas particulares e que o assedio europeu tem atrapalhado seu rendimento.

 

Valdivia se disse disposto a pedir desculpas publicamente ao elenco se for preciso (não acho que seja pra tanto).

 

Com esta atitude, o atleta praticamente apagou o fogo da polemica e encharcou aqueles que gostam de ver o circo pegar fogo.

 

Ponto pro Chileno.

A seleção olímpica do Brasil segue se preparando (se isso e’ possível), para os jogos de Pequim, Nesta sexta-feira encara em Hanói, no Vietnã, a poderosa seleção local.

 

Mas o que vem chamando a atenção, não e’ o amistoso em si, que não vale muita coisa, mas sim o carinho e ate mesmo fanatismo com que o povo Vietnamita esta tratando a seleção canarinho.

 

Para eles, Ronaldinho Gaúcho e’ um deus da bola, e vem recebendo tratamento condizente.

 

Na chegada da seleção, centenas de pessoas furaram o cerco policial para ter um contato com seus ídolos.

 

Quanto não vale um toque, um aperto de mão, um sorriso de um jogador brasileiro, para eles ?

 

Esta manifestação de carinho mostra que, apesar de Dunga, apesar da cbf, que tenta banalizar nossa seleção, com amistosos a rodo, a mística da amarelinha não morreu.

 

Ainda causa respeito e admiração por onde passa.

 Nos brasileiros, por culpa dos que dirigem este patrimônio mundial (seleção brasileira), a paixão esta adormecida.

 

Adormecida por amistosos distantes, pela incompetência de alguns, pela falta de identidade de seus jogadores com os brasileiros.

 

Mas um dia, esta paixão ira explodir novamente dentro do nosso peito e quando isso acontecer, voltaremos a ser os primeiros de novo.

 

 

 

 

Saldo positivo dos paulistas nesta décima sexta rodada.

Foram três vitórias e um empate.

 

No Palestra Itália, o Palmeiras ganhou com autoridade do Flamengo, que vai empacando na tabela.

 

Com a vitória o verde sobe para quinta posição com 28 pontos.

 

No Beira Rio, o Santos segurou a pressão do Internacional e em uma das poucas chances que teve, o bom Maykon Leite (assim mesmo!), marcou o importante gol da vitória.

 

Com os três pontos, o Santos respira um pouco e sai da zona da morte com 17 pontos, e torce por uma vitória do Atlético – mg contra o Vasco.

 

Em Florianópolis, o São Paulo deu uma aula de como perder gols feitos e quase saiu derrotado de campo.

 

Tadeu, numa falha de marcação da defesa São Paulina abriu o placar para o Figueira.

 

Aloísio perdeu pelo menos dois gols incríveis no primeiro tempo.

Na etapa final, depois de mais alguns gols perdidos.

Hugo acertou um belo chute de fora da área e deu números finais a partida.

 

O São Paulo perdeu a chance de sair de Floripa com os três pontos, com isso caiu para sexto lugar.

No Canindé, a Lusa virou pra cima do Fluminense, 3 a 1, com direito a golaço do atacante Jonas (que fez 2).

Com  a vitória  a Portuguesa também da uma respirada na classificação.

 

Próxima Página »